Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

De Redundo para o Mundo

Um olhar sobre o mundo das notícias

De Redundo para o Mundo

Um olhar sobre o mundo das notícias

Bayern vence Chelsea nos penalties

Agosto 31, 2013

adamirtorres

---------- Post ------------ #*/--> ---------- “XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX” ------------ #*/-->
---------- “XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX” ------------ #*/-->

O Bayern de Munique conquistou esta sexta-feira a sua primeira Supertaça Europeia ao bater o Chelsea nas grande penalidades, depois do 2-2 verificado no final do prolongamento. José Mourinho continua a não conseguir vencer uma Supertaça Europeia e Guardiola, depois de ter perdido a Taça da Alemanha para o Borussia Dortmund, conquista o seu primeiro troféu ao serviço do Bayern. Fernando Torres marcou o primeiro, Ribéry, eleito ontem Melhor Jogador da Europa, empatou e valeu ao Chelsea Hazard Ler artigo completo »»»

---------- Fim Texto------------ #*/--> ---------- “XXXXXXX Modulos XXXXXXXXX” ------------  #*/--> ---------- Coluna Esq ------------  #*/--> ---------- End Row (Linha) ------------ #*/--> ---------- Row (Linha) ------------ #*/--> ---------- Coluna Dir ------------  #*/--> ---------- Coluna Esq ------------  #*/--> ---------- End Row (Linha) ------------ #*/--> ---------- Fim Post------------ #*/--> ---------- “XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX” ------------ #*/-->
---------- ### ------------  #*/-->
Notícias Relacionadas (Web)
---------- ### ------------  #*/--> ---------- Row (Linha) ------------ #*/--> ---------- Coluna Dir ------------  #*/-->
SapoDesporto
«Acabar com 10 é a minha história com a UEFA» Ler mais»»»
SapoDesporto
«Às vezes é preciso sorte e hoje tivemos» Ler mais»»»

FC Porto 0-2 FC Barcelona (Revista de Imprensa)

Agosto 27, 2011

adamirtorres

          

MARCA.COM

O Barcelona aumentou a sua colecção de troféus no Mónaco ganhando a Supertaça Europeia, também ela governada por Leo Messi, autor do primeiro golo e assistente de gala para o segundo, obra de Fàbregas.

 

MUNDODESPORTIVO.ES

No pequeno principado monegasco, o Barça não realizou um dos seus melhores jogos graças a um início asfixiante do FC Porto. Mas uma acção do número um do mundo permitiu dar o primeiro passo em direcção a mais um título.

 

L'Equippe

Este Barça pode não ser a máquina imparável que dominou durante a última época, mas já conta dois troféus. Depois da Supertaça espanhola, agora conseguiu a europeia e, mais uma vez, a luz veio de Messi, que aproveitou o caviar oferecido por Guarín.

 

AS.com

O Barcelona conquistou a quarta Supertaça Europeia depois de um jogo em que foi superior e no qual Messi e Fàbregas marcaram os golos. O FC Porto acabou com apenas nove jogadores, após a expulsões de Rolando e Guarín.

 

La Gazzette dello Sport

Como se o Barcelona não fosse já forte que chegue, depois de ver os portugueses, passados 39 minutos, oferecerem o golo da vantagem a Messi, não é possível evitar pensar que os catalães também são sempre bafejados pela sorte.


«Marcar penáltis contra o Barça é difícil» Hulk

Agosto 27, 2011

adamirtorres

Em declarações após o jogo, Hulk deu os parabéns pela atitude da equipa e deixou críticas ao árbitro da partida.

«Sabíamos que íamos enfrentar uma grande equipa. Infelizmente um erro contra o Barça é fatal e mais difícil ainda é marcar penáltis contra o Barcelona. Se o árbitro marcasse penáltis contra o Barcelona estaria 1-1 e a história era outra», referiu o brasileiro.


«Parece Playstation» Sapunaru

Agosto 27, 2011

adamirtorres

«Foi um jogo muito difícil, tentamos ganhar o jogo mas não conseguimos. Não custa perder contra uma equipa deste calibre. Se o árbitro tivesse assinalado grande penalidade (referindo à falta sobre Guarín) o jogo teria mudado de rumo», disse Sapunaru, esta sexta-feira, em zona mista, no Estádio Louis II.

«Parece Playstation», referiu Sapunaru.

«Agora estamos concentrados no campeonato nacional e chegar o mais longe possível na Liga dos Campeões», comentou.

 


«Criámos problemas ao Barcelona» Vitor Pereira

Agosto 27, 2011

adamirtorres

«Assisti a um bom jogo, a duas equipas que se respeitaram, mas que queriam vencer o jogo. Tenho pena que os erros que obrigámos o Barça a cometer não tenham resultado em golo a nosso favor. Nomeadamente, uma grande penalidade aos 80’ com as equipas 11 contra 11», frisou o técnico.

Apesar do resultado, Vitor Pereira diz ter ficado «satisfeitíssimo com o comportamento» dos seus jogadores.


Perdemos mas não morremos - Barcelona 2-0 FC Porto (Resumo)

Agosto 27, 2011

adamirtorres

          

 FC Porto não conseguiu impor-se, esta sexta-feira, no Mónaco, perdendo por 2-0 ante o Barcelona. Messi e Fàbregas marcaram os golos do encontro e a equipa catalã leva o seu quarto troféu para o museu do Camp Nou. FC Porto deixa escapar a sua terceira oportunidade consecutiva, depois de 2003, 2004 e esta noite.

O FC Porto começou muito bem o desafio no Mónaco, debaixo de uns 27º graus, exercendo muita pressão sobre os catalães. Os comandados de Vítor Pereira estiveram arrojados no ataque e competentes na defesa.

 

O que fazer contra uma equipa que é considerada uma das melhores de sempre? Como contrariar um domínio que assenta na posse de bola, no passe e desmarcação? Como enervar uma equipa que não se enerva e que tem absoluta confiança nas suas capacidades? Em teoria, a resposta óbvia é: jogar da mesma maneira e esperar que, de um equilíbrio de forças, apareça alguém que desequilibre. Mas quem joga contra o Barcelona tem quase sempre o mesmo fim e nesta sexta-feira não foi excepção. Lionel Messi desequilibrou e o FC Porto saiu do Mónaco derrotado por 2-0, naquela que foi a sua quarta presença na Supertaça europeia.

 

Ficha de jogo
Jogo no Estádio Luís II, no Mónaco.
Assistência 18.048 espetadores.

Barcelona Valdés, Dani Alves, Mascherano, Abidal, Adriano (Busquets, 63’), Keita, Xavi, Iniesta, Pedro Rodríguez (Fabregas, 80’), David Villa (Alexis Sánchez, 61’) e Messi. Treinador Pepe Guardiola
FC Porto Helton, Sapunaru, Rolando, Otamendi, Fucile, Souza (Fernando, 77’), Guarín, João Moutinho, Cristian Rodriguez (Varela, 69’), Hulk e Kléber (Belluschi, 77’). Treinador Vítor Pereira

Árbitro Bjorn Kuipers, da Holanda. Amarelos Cristian Rodriguez (30’), Iniesta (51’), Rolando (64’ e 86’), Guarin (81’). Vermelho Guarin (90’).
Golos 1-0, por Messi, aos 39’ e 2-0, por Fabregas, aos 88’.

 

 


 


Messi depois do Dragão (16 de Novembro de 2003)

Agosto 26, 2011

adamirtorres

A 16 de Novembro de 2003, um jovem franzino de 16 anos estreou-se pela equipa principal do Barcelona, convidado do FC Porto para o primeiro jogo no Estádio do Dragão. Não havia títulos em jogo e o treinador da altura, Frank Rijkaard, chamara alguns jogadores dos escalões de formação para formar uma equipa. Um deles era esse jovem de 16 anos chamado Lionel Andrés Messi, alguém que o mundo do futebol ainda não conhecia. Hoje, no Mónaco, Messi e o FC Porto reencontram-se, mas desta vez já vai haver qualquer coisa em jogo. E o argentino já não é apenas mais um jovem promissor. É o melhor do mundo.

Será no Stade Louis II, em plena Cote d"Azur, numa terra que já teve Grace Kelly como princesa, que Barcelona e FC Porto vão disputar a Supertaça europeia, um direito que conquistaram por terem ganho, respectivamente, a Liga dos Campeões e a Liga Europa. Eles são a realeza do futebol europeu e das equipas com mais títulos conquistados na última década, tanto a nível continental como nos seus próprios países. E há quem diga que até são equipas parecidas no estilo, que gostam de jogar ao ataque, que gostam de pressionar e de ter a bola. Um jornalista perguntou mesmo a Hélton, guarda-redes do FC Porto, como é que ia ser no jogo de hoje, em que não vai haver uma bola para cada uma das equipas. "Só pode haver uma bola", respondeu o guardião brasileiro.

Parece mesmo haver uma admiração mútua entre as duas equipas, reverência até. Não se ouve coisas assim de Barcelona quando tem de defrontar o Real Madrid, ou do FC Porto quando joga com o Benfica. Pep Guardiola referiu-se ao FC Porto como "uma das melhores equipas do mundo" - "é sempre um prazer jogar contra grandes equipas", acrescentou o catalão -, enquanto Vítor Pereira foi mais longe: "O Barcelona é a equipa que melhor vi jogar na minha vida."

 

O melhor de Portugal contra o melhor do mundo

Hulk e Messi: imprevisibilidade está nos pés dos dois esquerdinos

Barça tenta superar Real Madrid

A tarefa do FC Porto está mais difícil do que há três meses 

 


«Não viemos para vê-los jogar» Vítor Pereira

Agosto 25, 2011

adamirtorres

O Barcelona até pode ser «uma grande equipa» mas Vítor Pereira garante que os dragões não estão no Mónaco para ver os blaugrana jogar. O técnico dos azuis e brancos afiança que não mudará o sistema de jogo no desafio de amanhã.

«Vamos ter um FC Porto igual a si próprio, que acredita no seu jogo e nas suas ideias. Temos vindo a trabalhar há um ano em 4x3x3 e é natural que quem é fiel aos seus princípios mantenha a mesma estrutura, é nela que estamos trabalhados. Não há razões para mudar», afirmou Vítor Pereira na conferência de imprensa de antevisão ao desafio de amanhã, com o Barcelona, referente à Supertaça europeia.

O treinador dos dragões exaltou a «época brilhante» que a sua equipa fez e que garantiu a presença «por mérito próprio» na disputa de mais um troféu. «Reconhecendo no Barcelona uma grande equipa, um grande clube, com um grande treinador, não viemos para vê-los jogar, viemos para vencer. Preparámo-nos para estar à altura», sublinhou.

Apesar de defrontar aquela que é considerada por quase todo o universo futebolístico a melhor equipa do mundo, Vítor Pereira lembrou que «o FC Porto é também um grande clube, com muita exigência e experiência, que prima o seu jogo por uma grande qualidade».

E por isso, amanhã, no Estádio Louis II em Monte Carlo, Mónaco, o técnico dos azuis e brancos acredita que irá existir «um grande espectáculo» no qual a sua equipa «vai procurar ter bola e ser igual a si próprio».

«Não tenho problemas em afirmar que o Barcelona é, provavelmente, a melhor equipa que eu vi jogar na minha vida. Não tenho problemas em reconhecer que têm um grande treinador na liderança. Mas eu também lidero uma boa equipa, com jogadores de grande qualidade e acreditamos no nosso trabalho. Acreditamos sinceramente que temos argumentos para contrariar e colocar problemas ao Barcelona. Viemos aqui a acreditar na vitória», afiançou.

 

Hulk: «Sair daqui com o troféu»

Helton quer «humildade» e «personalidade» em campo

Ler artigo completo...  (Zerozero)

 



 


Mais sobre mim

foto do autor

Box

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Meus Blogs


 De Redundo para o Mundo
 Adamir Torres - Opinião
 Meu mundo, teu mundo
 Gatinhos Persa & Companhia
 BTT Bike Team
Santo Tirso Pastores
Facebook

Pinterest

Twitter

---------------------------------------------- #### #####
Topo

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2013
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2012
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2011
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2010
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D