Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

De Redundo para o Mundo

Um olhar sobre o mundo das notícias

De Redundo para o Mundo

Um olhar sobre o mundo das notícias

Mourinho vai ser anunciado como técnico do Manchester United

Maio 22, 2016

adamirtorres

José Mourinho 200x200

 Uma nova experiência no futebol inglês espera por José Mourinho, referindo a BBC que o acordo para o português suceder a Louis van Gaal no comando técnico do Manchester United terá sido assinado hoje, dia em que os 'red devils' conquistaram a Taça de Inglaterra, derrotando o Crystal Palace por 2-1 após prolongamento na final.


Há meses que circula e já várias vezes foi objecto de tratamento noticioso a indicação de que Mourinho será o próximo técnico do clube de Old Trafford. Agora, porém, a estação pública inglesa de televisão explica que o acordo está assinado, embora o holandês tenha mais uma época de contrato com o United. 

Ao mesmo tempo que eram adversários e rivais na luta por títulos, Mourinho e Alex Ferguson construíram uma amizade sólida e, depois de o carismático escocês ter abandonado o banco, a escolha do português chegou a ser considerada consensual. Porém, David Moyes foi o herdeiro de Ferguson, mas a sua aventura terminou apenas 10 meses depois de ter sido contratado. Mais tarde seria a vez de Louis van Gaal, mas nem a vitória na final da Taça de Inglaterra, primeiro troféu do United nos últimos três anos, ou seja, desde a saída de Alex Ferguson, irá livrá-lo do despedimento.

Aos 53 anos, considerado inúmeras vezes o melhor treinador do mundo e com um currículo onde se incluem dois títulos europeus, uma Taça UEFA, além de campeonato vencidos em Portugal, Inglaterra, Itália e Espanha (um total de 23 troféus), Mourinho foi afastado em Dezembro do comando técnico do Chelsea sete meses depois de ter voltado a conquistar o título no futebol inglês por causa dos maus resultados da equipa. 

No dia em que o acordo terá ficado estabelecido, Pep Guardiola despedia-se da Alemanha com a conquista da Taça na final de Berlim, resolvida no desempate por pontapés de grande penalidade ante o Borussia Dortmund. Vem aí um contrato com o Manchester City, ou seja, a rivalidade com Mourinho, tão acesa nos tempos de Barcelona e Real Madrid, vai reavivar-se - agora na Premier League.

Mourinho vai ser anunciado como técnico do Manchester United | Económico


Portugal campeão europeu de sub-17

Maio 21, 2016

adamirtorres

331

 

Está feito. Portugal sagrou-se este sábado campeão europeu de sub-17, com um triunfo diante da Espanha na final do torneio, na marcação de grandes penalidades. No tempo regulamentar do encontro disputado no Azerbaijão as duas equipas empataram a uma bola.

A equipa lusa, comandada por Hélio Sousa, entrou na partida de forma muito ofensiva e aproximou-se do golo aos 22 minutos, mas Domingos Quina acertou no travessão da baliza defendida por Peña. Pouco depois, porém, Diogo Dalot abriu o marcador para a equipa das 'quinas' com um remate cruzado pleno de força, libertando os primeiros festejos lusos.

A equipa espanhola respondeu após o golo e chegou ao empate por Brahim, que cabeceou por cima de Diogo Costa, para o 1-1. Foi o primeiro e único golo sofrido por Portugal na competição.

O empate perdurou ao longo do segundo tempo e a decisão passou para as grandes penalidades. No desempate, Portugal levou a melhor, com Morlanes a ser o autor do falhanço que deu o título à formação das 'quinas'.

Portugal volta assim a sagrar-se campeão europeu da categoria 13 anos depois do último triunfo.

Acabou o jejum: Portugal campeão europeu de sub-17 - Clube-portugal - Portugal - Seleccao - Futebol - SAPO Desporto


Um Europeu sem a mecânica da laranja

Outubro 14, 2015

adamirtorres

Bolas

 

“Ui, calhámos com a Espanha.” Há quase ano e meio isto passava pela cabeça de qualquer um. Jogar à bola contra os espanhóis bicampeões do mundo e reis da Europa assustava, porque o tiki-taka de passes atrás de passes trocava as voltas a toda a gente. Mas os holandeses tinham uns truques na manga. Trocaram a tática à última hora, os quatro defesas passaram a cinco, ficaram amigos do contra-ataque e a careca de Robben teve ordem de soltura para correr na frente. Começava o Mundial, a Holanda ganhava 5-1 e era o início do fim para a La Roja tal como a conhecemos durante quatro anos (entre 2008 e 2012). Quem vestia de laranja mostrava que tinha sumo para ser espremido e, mesmo que às vezes um pouco amargo, chegou para a seleção parar apenas nas meias-finais.

Não foi assim há tanto tempo que se bateram palmas aos holandeses no Mundial do Brasil. Passaram 16 meses desde o terceiro lugar que poucos esperavam, mas menos ainda antecipariam que o país de onde veio o futebol total acabasse por ser um total fracasso na qualificação para o Europeu — foram cinco derrotas, um empate e quatro vitórias, todas contra a Letónia e o Cazaquistão. Os 13 pontos não chegaram para bater os 18 da Turquia, os 20 da Islândia e os 23 da República Checa, contra quem a Holanda perdeu (3-2) quando tinha de vencer na última jornada da fase de grupos. Desastre.
---------- “Favor não mexer, obrigado” ------------ #*/-->
---------- “XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX” ------------ #*/-->

As 16 equipas já qualificadas: França, Espanha, Portugal, Alemanha, Itália,  Inglaterra, Bélgica, Croácia, Polónia, Islândia, República Checa, País de Gales, Eslováquia, Suíça, Irlanda do Norte, Rússia, Áustria, Roménia e Albânia e Turquia.

---------- Fim Texto------------ #*/-->
---------- Fim Post------------ #*/-->

 

Ler mais...

Um Europeu sem a mecânica da laranja - Observador


Passaporte carimbado com arte de João Moutinho

Outubro 09, 2015

adamirtorres

 

A seleção portuguesa garantiu esta quinta-feira a presença no Europeu de futebol, a disputar em França no próximo verão. A formação de Fernando Santos "carimbou o passaporte" com uma vitória por 1-0 na receção à Dinamarca, em jogo disputado no Municipal de Braga. João Moutinho apontou, aos 67 minutos, o único golo do encontro com um grande trabalho na grande área dinamarquesa.

Com Danilo Pereira e Bernardo Silva no onze, os lusos tiveram mais ocasiões de golo logo no primeiro tempo, mas os dinamarqueses também se conseguiram aproximar da baliza de Rui Patrício, quase sempre através de Nicklas Bendtner, que já várias vezes foi um tormento para a equipa portuguesa.

O primeiro remate digno desse nome pertenceu ao capitão Ronaldo, mas a tentativa aos 10 minutos saiu frouxa e foi parar às mãos de Kasper Schmeichel. Pouco depois, Bendtner surgiu em boa posição perante Rui Patrício mas o remate só parou mesmo na pedreira.

Aos 34 minutos, João Moutinho recebeu a bola à entrada da área e atirou forte, mas a bola falhou o alvo por pouco, pouco antes de Nani dispor da grande ocasião do primeiro tempo. O extremo recebeu um cruzamento de Moutinho e cabeceou direto ao ferro da baliza defendida por Kasper Schmeichel.

As equipas foram empatadas a zero para o intervalo e foi preciso esperar até aos 67 minutos para se gritar golo. Antes disso já Bendtner havia acertado no poste da baliza de Patrício, com um remate de pé esquerdo. Com engenho e alguma sorte, Portugal segurava o nulo que viria a quebrar pouco depois, a seu favor. Kasper Schmeichel ainda negou o golo a Ronaldo e Tiago aos 58', mas aos 67' sucumbiu perante a arte de João Moutinho.

Ler mais...

Passaporte carimbado com arte de João Moutinho - Clube-portugal - Portugal - Seleccao - Futebol - SAPO Desporto

 

---------- “XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX” ------------ #*/-->

 

---------- “Favor não mexer, obrigado” ------------ #*/-->
---------- “XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX” ------------ #*/-->

Sem fazer contas

---------- Fim Texto------------ #*/-->
---------- Fim Post------------ #*/-->

Azul nortenho foi mais forte - Primeira liga

Outubro 05, 2015

adamirtorres

dragao1.jpg

 

O FC Porto recebeu e goleou este domingo o Belenenses, por 4-0, num duelo que só teve golos no segundo tempo. Jesús Corona, Yacine Brahimi, Dani Osvaldo e Iván Marcano apontaram os golos que mantêm os 'dragões' no primeiro lugar da Liga, agora com 17 pontos.

Num encontro em que Julen Lopetegui devolveu a titularidade aos mexicanos Jesús Corona e Miguel Layún, a equipa da casa foi sempre mais forte, embora tenha permitido um par de ocasiões perigosas ao Belenenses, em particular no primeiro tempo.

A primeira ocasião de golo pertenceu mesmo aos 'azuis' do Restelo, mas Casillas fez uma grande defesa após cabeceamento de Kuca. A formação de Lopetegui reagiu e aproximou-se da baliza de Ventura, mas Corona atirou ao lado e André André permitiu a defesa do guardião adversário.

 

Ler mais...

Azul nortenho foi mais forte - Primeira liga - Futebol - SAPO Desporto


FC Porto derrotou o Chelsea por 2-1

Setembro 29, 2015

adamirtorres

---------- Post ------------ #*/-->

 

---------- “XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX” ------------ #*/-->

 

 

---------- “XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX” ------------ #*/-->

O FC Porto recebeu esta terça-feira o Chelsea em partida referente à segunda jornada da Liga dos Campeões e saiu vitorioso no reencontro com José Mourinho (2-1). André André e Maicon marcaram para os portistas, Willian apontou o tento dos ingleses.
Lopetegui fez algumas alterações na equipa inicial e surpreendeu ao lançar Martins Indi como lateral esquerdo no lugar de Miguel Layún. Perante um estádio muito bem composto, com 46.120 adeptos nas bancadas, os 'dragões' entraram em jogo em busca do golo e pertenceu a Brahimi a primeira oportunidade, mas o argelino permitiu a defesa de Begovic. O Chelsea acordou e respondeu, mas Casillas defendeu remates perigosos de Fàbregas e Pedro Rodríguez.
O 'nó' continuou atado durante boa parte do primeiro tempo, mas aos 39 minutos apareceu André André, que voltou a ser herói no Dragão. Brahimi atirou para defesa incompleta de Begovic e o médio portista apareceu a finalizar, dando aos adeptos portistas a primeira explosão de alegria na noite.
Quando tudo parecia indicar que os 'dragões' iriam para o intervalo em vantagem, porém, Willian dispôs de um livre à entrada da grande área do FC Porto e atirou a contar. Casillas só conseguiu ver a bola a entrar na baliza e ouvir o apito do compatriota Mateu Lahoz para intervalo.
Pouco depois do arranque do segundo tempo, porém, o Dragão voltou a celebrar. 52 minutos de jogo, pontapé de canto batido por Rúben Neves e Maicon a cabecear para o fundo das redes de Begovic e para o 2-1 na partida..

---------- Fim Texto------------ #*/-->
---------- “XXXXXXX Modulos XXXXXXXXX” ------------  #*/-->

 

---------- “XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX” ------------ #*/-->

 

---------- “Favor não mexer, obrigado” ------------ #*/-->
Ler artigo completo... SapoDesporto
---------- Fim Post------------ #*/-->

FC Porto 2015/16 - Pré-época

Julho 08, 2015

adamirtorres

 

 

FC Porto derrotou o Bayern de Munique por 3-1

Abril 16, 2015

adamirtorres

---------- Post ------------ #*/-->

FCP 02

 

O FC Porto tocou esta quarta-feira o céu do futebol europeu, ao vencer o Bayern de Munique por 3-1, na primeira mão dos quartos-de-final da Liga dos Campeões, com dois golos de Ricardo Quaresma e um de Jackson Martínez. O golo sofrido, apontado por Thiago, dificulta a missão portista, mas não impede o Dragão de sonhar com a presença nas meias-finais. 

Antes do apito inicial havia dúvidas, hesitações, receios. Afinal, o adversário não era qualquer um. Era o Bayern, um dos gigantes do futebol europeu e mundial. Mas perante uma casa vestida de gala como a ocasião o exigia, os "dragões" conseguiram ser, realmente, protagonistas. Como Julen Lopetegui tantas vezes pediu.

---------- Fim Texto------------ #*/-->

 

---------- “XXXXXXX Modulos XXXXXXXXX” ------------  #*/-->

 

---------- “XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX” ------------ #*/-->

 

---------- “Favor não mexer, obrigado” ------------ #*/-->
Ler artigo completo...
---------- Fim Post------------ #*/-->

O mesmo de sempre ( #CR7 )

Outubro 15, 2014

adamirtorres

Portugal é incomparavelmente melhor que esta Dinamarca e Ronaldo mostrou, uma vez mais, que aparece nos grandes momentos. O gelo dos Vikings derreteu com um golo do Melhor Jogador do Mundo, nos descontos. Esta noite, na estreia de Fernando Santos como selecionador luso em jogos oficiais, Ronaldo e companhia conquistaram os três pontos. Portugal já não vencia em terras nórdicas desde 1977.
Portugal com maior intensidade em campo
O Estádio Parken, em Copenhaga, preencheu-se com muitos adeptos dinamarqueses que tinham confiança para mais um duelo contra a equipa de Portugal. No primeiro duelo oficial de Fernando Santos como selecionador nacional, Pepe e Ricardo Carvalho formaram dupla no eixo defensivo, enquanto que William Carvalho saltou para o meio-campo, ao lado de Moutinho e Tiago. O ritmo não foi intenso nos primeiros minutos mas notou-se sempre um ligeiro ascendente da equipa das quinas. De resto, só nos últimos 15 minutos do primeiro tempo é que a Dinamarca criou perigo.


Ler artigo completo... ZeroZero

Golos na estreia do Dragão na Champions #FCPorto

Setembro 18, 2014

adamirtorres

---------- Post ------------ #*/--> ---------- “XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX” ------------ #*/-->
---------- “XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX” ------------ #*/-->

Os Dragões golearam, esta quarta-feira, o BATE Borisov por 6-0, em jogo da primeira jornada do Grupo H da Liga dos Campeões, que se disputou no Estádio do Dragão. Uma exibição de luxo por parte dos homens comandados por Julen Lopetegui, com destaque para o 'hat-trick' de Brahimi.
Depois do empate em Guimarães para o campeonato, o FC Porto não teve dificuldades em bater o adversário proveniente da Bielorrússia, que se mostrou muito complacente para este desafio. Julen Lopetegui fez alterações substanciais na equipa inicial do FC Porto. Na defesa o destaque foi para o regresso (natural) de Alex Sandro no corredor esquerdo, ele que já está recuperado da sua lesão. As novidades começaram no meio-campo, com o treinador basco a 'recuar' Brahimi, ao lado de Casemiro e Herrera. No ataque, Jackson Martínez continuou como ponta de lança mas, desta vez, teve a companhia de Quaresma e Adrián.
O argelino Brahimi foi a figura do encontro com três golos e uma excelente exibição. O jogador de 24 anos foi o autor dos dois primeiros golos e, em ambos os lances, Yacine Brahimi (5' e 32') demonstrou muita segurança na hora de finalizar. Depois de Brahimi ter bisado no encontro, foi a vez do colombiano aumentar a vantagem portista para 3-0 aos 37 minutos. O avançado colombiano finalizou de cabeça depois de uma assistência de Danilo. Brahimi prosseguia na sua noite de gala e, na segunda parte, o argelino completou o 'hat-trick', desta vez de bola parada. Logo depois, foi o espanhol Adrián López que aumentou para 5-0.
Com os três pontos assegurados, e a pensar no campeonato, onde no domingo defronta o Boavista, Julen Lopetegui fez de imediato três substituições, tendo entrado Evandro, Aboubakar e Tello para os lugares de Brahimi, Jackson Martínez e Adrián. Aboubakar estreou-se a marcar com a camisola do FC Porto e fechou a goleada com o sexto golo aos 76 minutos.
---------- Fim Texto------------ #*/--> ---------- “XXXXXXX Modulos XXXXXXXXX” ------------  #*/--> ---------- “XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX” ------------ #*/--> ---------- “Favor não mexer, obrigado” ------------ #*/-->

---------- Fim Post------------ #*/-->
Ler artigo completo... (Sapo Desporto)



Mais sobre mim

foto do autor

Box

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Meus Blogs


 De Redundo para o Mundo
 Adamir Torres - Opinião
 Meu mundo, teu mundo
 Gatinhos Persa & Companhia
 BTT Bike Team
Santo Tirso Pastores
Facebook

Pinterest

Twitter

---------------------------------------------- #### #####
Topo

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2013
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2012
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2011
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2010
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D