Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

De Redundo para o Mundo

Um olhar sobre o mundo das notícias

De Redundo para o Mundo

Um olhar sobre o mundo das notícias

Torre de Vilar - Rota do Românico

 

Tipologia: Torre

 

Classificação: Imóvel de Interesse Público (IIP) pelo Dec. N.º 95/78, DR 210 de 12 Setembro de 1978.

Concelho: Lousada

Estado de Conservação: Bom 

Horário da Visita: De Quarta-feira a Domingo das 10h às 13h e das 14h às 18h. 

Preço da Entrada: Gratuito 

 

Localização:

Lugar da Torre, freguesia de Vilar do Torno e Alentém, concelho de Lousada, distrito do Porto.

 

Como Chegar:

Se vem do Norte de Portugal através da A28 (Caminha/Porto), da A3 (Valença/Porto), da A7 (Vila Pouca de Aguiar/Póvoa de Varzim), da A24 (Chaves/Viseu) ou da A4/IP4 (Bragança/Matosinhos) siga na direcção de Felgueiras pela A11 (Esposende/Marco de Canaveses). Saia no nó de Caíde da A11. Siga viagem pela estrada N15 para a Lixa/Amarante até encontrar a indicação da Torre de Vilar.   Se vem do Centro ou Sul do País pela A1 (Lisboa/Porto) ou pela A29 (Albergaria-a-Velha/V.N. Gaia) entre no Portocruzando o rio Douro através da ponte do Freixo (A20) e escolha depois a A3 (Valença).   Opte, em seguida, pela A4 (Vila Real) que o conduzirá até à A11 (Felgueiras). Nesta via saia no nó de Caíde e siga na direcção da Lixa/Amarante, através da estrada N15, até encontrar a indicação da Torre de Vilar.   Se já se encontra na vila de Lousadatome a direcção de Felgueiras pela estrada N207. Pouco depois, vire à direita para Nogueira, seguindo a sinalização da Rota do Românico. Não considere a indicação seguinte para virar à direita (Igreja de Aveleda) e siga em frente com destino à localidade da Aparecida e à Torre de Vilar. 

    

Coordenadas Geográficas: Latitude: 41° 17' 12.082" N   /   Longitude: 8° 12' 36.906" O 

 

História

 

A Torre de Vilar, construída entre a segunda metade do século XIII e o início do século XIV, faz prova do poder senhorial sobre o território, sendo um testemunho da existência da domus fortis, uma residência senhorial fortificada no Vale do Sousa.

Existem dificuldades na datação em resultado de apresentar soluções estruturais de gosto românico. As Inquirições de 1258 referem a Sancte Marie de Vilar como a Honra de D. Gil Martins e dos seus descendentes, da linhagem dos Ribavizela.

O rei D. Fernando, em 1367, doa Vilar de Torno, Unhão e Meinedo a Aires Gomes da Silva, documentando-se a manutenção da Torre na mesma família, ao longo do século XV.

 

Fonte:Rota do Românico


Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.