Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

De Redundo para o Mundo

Um olhar sobre o mundo das notícias

De Redundo para o Mundo

Um olhar sobre o mundo das notícias

Ronaldo. O meu primeiro hat-trick na Liga dos Campeões

Cristiano Ronaldo

Amesterdão é uma cidade propícia para desentropecer os músculos e ganhar coragem para falar ao coração dos outros. Dizem, dizem... O Madrid amanhece na cidade holandesa com problemas por resolver. Falam, falam...
À tarde, antes da equipa sair do hotel para o estádio, há a habitual reunião de grupo. Sergio Ramos pede a palavra e desculpa-se pelo acto de domingo, durante o 5-1 ao Deportivo, quando joga toda a segunda parte com a camisola 10 de Özil por debaixo da sua. A ideia é marcar um golo e dedicá-lo ao alemão como sinal de solidariedade depois de José Mourinho o criticar e substituir ao intervalo. “A minha intenção era apenas a de dedicar um golo ao Özil, cumprindo uma promessa e não provocar Mourinho”, explica Ramos. “O importante é a equipa e bom ambiente no balneário”, frisa o sub-capitão do Real Madrid.
Esclarecido o mal-entendido, o Madrid chega ao ArenA e Mourinho elege um onze com Kaká e manda Coentrão para a bancada pelo terceiro jogo seguido. A jogar de verde, e sem patrocínio da bwin por proibição de publicidade de casas de apostas na Holanda, o Madrid ganha ao Ajax sem dificuldade por 4-1 com a curiosidade de Ronaldo assinar um hat-trick, o seu primeiro na Europa, o 18.º na carreira – agora só lhe falta um na selecção.