Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

De Redundo para o Mundo

Um olhar sobre o mundo das notícias

De Redundo para o Mundo

Um olhar sobre o mundo das notícias

Bolt supersónico ganha lugar na história

 

Source: desporto.sapo.pt via Adamir on Pinterest

 

O jamaicano venceu com 19.32s, ficando a dois centésimos do recorde olímpico, por si alcançado em 2008.
O jovem Yohan Blake deu luta ao seu compatriota, obrigando Bolt a forçar a sua passada até à meta.
Assim sendo o pódio fica assim dividido: Usain Bolt (19.32), Yohan Blake (19.44) e Warren Weir (19.84).
Usain Bolt concretizou uma proeza inédita na história do atletismo ao revalidar os títulos olímpicos de 100 e 200 metros. Algo que nenhum atleta havia conseguido até então.
No hectómetro, só o norte-americano Carl Lewis tinha conseguido a “dobradinha”, em Los Angeles1984 e Seul1988, embora o segundo título tenha sido conquistado depois da desclassificação do canadiano Ben Johnson, por doping. 

Bolt supersónico ganha lugar na história - SAPO Desporto