Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

De Redundo para o Mundo

Um olhar sobre o mundo das notícias

De Redundo para o Mundo

Um olhar sobre o mundo das notícias

Atlanta 96: a quase medalha lusitana

O regresso às olímpiadas
Portugal já não marcava presença no palco olímpico desde os distantes anos vinte, e da meritória presença nos Jogos de Amesterdão em 1928. A qualificação para os Jogos de Atlanta, criou algumas expectativas, mas a presença na fase final do Euro, pouco tempo antes, inviabilizou a chamada de jogadores renomados para a seleção.
Rui Bento, Capucho e Paulo Alves, foram os jogadores com mais de 23 anos, que estiveram ausentes do Euro 96 e que foram chamados por Nelo Vingada. Porfírio, foi o único presente em Inglaterra, que  também foi chamado para Atlanta.

Entre os convocados encontravam-se alguns jogadores já com cartas dadas no futebol português, como os sportinguistas Dominguez, Afonso Martins e Beto; o portista Rui Jorge, o benfiquista Calado e o boavisteiro Nuno Gomes, mas as principais figuras jogavam fora do país: Dani no Ajax e Peixe no Sevilla. Nelo Vingada, o histórico adjunto de Queiroz, era o comandante das tropas, e Portugal partia para os jogos do centenário, disputados na cidade que viu nascer a Coca-cola, com a esperança de trazer uma medalha para casa...
Ler artigo completo:

Temas :: Jogos Olímpicos :: Atlanta 96: a quase medalha lusitana :: zerozero.pt :: Porque todos os jogos começam assim...