Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

De Redundo para o Mundo

Um olhar sobre o mundo das notícias

De Redundo para o Mundo

Um olhar sobre o mundo das notícias

Will Smith: «Homens de Negro» foi o filme que provou que eu podia vingar no cinema»

Maio 26, 2012

adamirtorres

Ele é uma das maiores estrelas de cinema do planeta, um dos únicos atores que se pode gabar de, nos últimos 15 anos, praticamente não ter fracassos de bilheteira no currículo, apesar da grande variedade de fitas que protagonizou. Nos últimos tempos, Will Smith tem-se dedicado à carreira da família (a mulher é a atriz Jada Pinkett-Smith, o filho Jaden protagonizou «Karate Kid» e a filha Willow é um sucesso na área da música) mas agora regressa em força à atuação, e logo com «Homens de Negro 3», o terceiro filme da saga que o consolidou como astro de primeiro plano.



A importância de «MIB - Homens de Negro»

O primeiro «Homens de Negro» foi o filme que provou que eu podia mesmo vingar no cinema. Imediatamente antes tinha feito «O Dia da Independência», mas pensou-se que podia ser um êxito ocasional. O «MIB - Homens de Negro» apareceu logo a seguir e foi aí que Hollywood disse «espera aí… talvez ele fique connosco por algum tempo». E para mim foi também a primeira oportunidade de fazer comédia aquele nível, porque é muito difícil cruzar fantasia e humor, é um equilíbrio muito preciso, é muito fácil falhar o alvo. Por isso é que há tão poucos filmes assim. Neste terceiro filme fomos ligeiramente mais para o lado emocional, a história tem um centro emocional mais forte que nos outros dois filmes, conseguimos maturidade de temas sem excluir a comédia.

Ler artigo completo:

Will Smith: «Homens de Negro» foi o filme que provou que eu podia vingar no cinema» - Magazine - SAPO Cinema


Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Meus Blogs


 De Redundo para o Mundo
 Adamir Torres - Opinião
 Meu mundo, teu mundo
 Gatinhos Persa & Companhia
 BTT Bike Team
Santo Tirso Pastores

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2013
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2012
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2011
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2010
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub