Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

De Redundo para o Mundo

Um olhar sobre o mundo das notícias

De Redundo para o Mundo

Um olhar sobre o mundo das notícias

F. C. Porto está cada vez mais perto de garantir o título nacional. (resumo)

O FC Porto venceu este sábado o Marítimo, nos Barreiros, por 2-0, com dois golos de grande penalidade de Hulk, em encontro da 28ª jornada da Liga.

O jogo nos Barreiros pode ser visto um pouco como um retrato da época dos portistas, que andaram entre a segurança de um campeão nos momentos decisivos e uma irregularidade inexplicável noutras ocasiões.

 

O campeão nacional visitou o Funchal com a certeza que um triunfo abriria as portas para a revalidação do título e, apesar das dificuldades, a equipa de Vítor Pereira não facilitou. Uma mão na bola de Fidelis, à passagem do primeiro quarto de hora, resultou num penálti que Hulk transformou no 1-0. A dois minutos dos 90, Djalma foi derrubado por Rafael Miranda na grande área, situação que resultou em nova grande penalidade e no segundo cartão amarelo ao jogador do Marítimo. De novo chamado a converter o castigo máximo, Hulk não perdoou, selou a conquista dos três pontos e já é o melhor marcador do F. C. Porto no
campeonato, com 14 golos.

E os dragões até podem festejar o título já este domingo. Para que isso aconteça, é preciso que o Benfica não ganhe na visita a Vila do Conde, em encontro com início marcado para as 19.15 horas. Um triunfo do Rio Ave ou um empate bastam para que o F. C. Porto seja coroado campeão nacional 2011/12.

POSITIVO

Hulk
É um jogador com velocidade e recursos acima dos companheiros. Marcou de penálti nas horas decisivas e ainda construiu um par de boas jogadas. Boa nota também para Moutinho e Lucho, apesar de este ter quebrado no final.

Helton e Maicon
Um campeão também se faz de segurança defensiva. O guarda-redes e o central ajudaram o FC Porto a ficar muito perto do título.

NEGATIVO

Fidelis
Incrível e desnecessária a forma como cometeu penálti logo no início da partida. No ataque, só se mostrou em duas ou três jogadas.

James Rodríguez
É um jogador com enorme potencial, mas tem feito uma época com altos e baixos. O colombiano até podia ter marcado no Funchal, mas cometeu demasiados erros.
Ficha de jogo

Marítmo 0-2 FC Porto
Estádio dos Barreiros, no Funchal
, espectadores: Cerca de 5.000

Marítimo Salin; Briguel, Robson, Roberge (Pouga, 81), Rúben Ferreira; João Luiz (Heldon, 46), Rafael Miranda, Olberdam; Danilo Dias (Benachour, 62), Fidelis e Sami. Treinador: Pedro Martins
FC Porto Heldon; Sapunaru, Maicon, Otamendi, Alex Sandro; Fernando, João Moutinho, Lucho González (Rolando, 88); Hulk, James (Defour, 75) e Varela (Djalma, 63). Treinador: Vítor Pereira.
Árbitro Paulo Baptista, de Portalegre
Amarelos Rafael Miranda (20' e 89'), Rúben Ferreira (31), Robson (48), Alex Sandro (55), Benachour (67), Olberdam (69),Hulk (74) e Heldon (84).
Vermelho Rafael Miranda (88)

Golos
0-1, por Hulk, aos 16' (g.p.)
0-2, por Hulk, aos 89' (g.p.)
16’ e 89’ (ambos de g.p.)

Dois penáltis de Hulk deixam FC Porto a um passo de ser campeão

Penáltis que decidem um título (0x2)

F.C. Porto vence na Madeira e fica mais perto do título

FC Porto pode ser campeão...no sofá