Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

De Redundo para o Mundo

Um olhar sobre o mundo das notícias

De Redundo para o Mundo

Um olhar sobre o mundo das notícias

Galo vence Dragão (Resumo)

Janeiro 30, 2012

adamirtorres

O Gil Vicente tirou partido de uma eficácia concretizadora louvável (marcou nos dois primeiros remates e nas duas primeiras oportunidades), mas em tudo o resto soube afirmar-se como uma equipa bem treinada. Foi feliz nalgumas situações, mas fez por isso.

O FC Porto terminou a primeira parte com razões de queixa da arbitragem de Bruno Paixão, que não assinalou um penálti contra o Gil Vicente (Defour foi atingido por Daniel, aos 23’) nem anulou o lance (Pedro Moreira centrou em posição de fora de jogo) que terminou com a grande penalidade (bem assinalada, por braço na bola de Otamendi) que permitiu aos gilistas aumentar a diferença para dois golos mesmo antes do intervalo. No início da segunda parte ficou ainda por assinalar um outro penálti a favor do FC Porto, quando Kléber é derrubado pelo guarda-redes Adriano. Mas a equipa portista deve principalmente queixar-se de si própria. Sofreu três golos, os mesmos que sofreu no conjunto dos sete jogos que leva disputados fora de portas. O 3-0, apontado num contra-ataque aos 52’, praticamente definiu o vencedor.

Vítor Pereira meteu todos os avançados disponíveis, o recém-entrado Belluschi (são muito estranhas as notícias que dão como provável a sua saída, por empréstimo, para o Génova) criou problemas novos ao bem organizado Gil e o FC Porto conseguiu finalmente criar alguns lances de perigo. Mas só reduziu aos 77’, quando o médio argentino assistiu para uma finalização certeira de Varela.

Ficha de jogo
Gil Vicente, 3
FC Porto, 1

Jogo no Estádio Cidade de Barcelos.
Assistência 7.439 espectadores.

Gil Vicente Adriano, Daniel, Cláudio, Halisson, Júnior Caiçara, Rodrigo Galo (Tó Barbosa, 87’), Pedro Moreira, Luís Manuel, Hugo Vieira, Richard (Guilherme, 78’), André Cunha (Mauro, 83’). Treinador Paulo Alves.

FC Porto Helton, Maicon, Álvaro Pereira, Rolando, Otamendi (Danilo, 46’), João Moutinho, James Rodríguez, Souza (Belluschi, 46’), Defour (Rodríguez, 74’), Kléber e Varela. Treinador Vítor Pereira.

Árbitro Bruno Paixão, de Setúbal. Amarelos Otamendi (45’), Defour (45’+3’), Rolando (61’), Belluschi (82’) e Mauro (90’).

Golos 1-0, por Cláudio, aos 15’; 2-0, por Cláudio (g.p.), aos 45’+1’; 3-0, por André Cunha, aos 52’; 3-1, por Varela, aos 78’.

Fonte: Publico


Comentar:

CorretorMais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Mais sobre mim

foto do autor

Box

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Meus Blogs


 De Redundo para o Mundo
 Adamir Torres - Opinião
 Meu mundo, teu mundo
 Gatinhos Persa & Companhia
 BTT Bike Team
Santo Tirso Pastores
Facebook

Pinterest

Twitter

---------------------------------------------- #### #####
Topo

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2013
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2012
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2011
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2010
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D