Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

De Redundo para o Mundo

Um olhar sobre o mundo das notícias

De Redundo para o Mundo

Um olhar sobre o mundo das notícias

Dragão sem chama - FC Porto 1 - 1 APOEL Nicosia (Resumo)

Outubro 19, 2011

adamirtorres

Não está fácil para o FC Porto mudar o chip europeu. Depois da brilhante campanha na Liga Europa pelas mãos de Villas-Boas, o sucessor Vítor Pereira vê-se com dificuldades para encontrar «pé» na Liga dos Campeões. Ao desaire na Rússia seguiu-se esta quarta-feira um empate caseiro com o APOEL Nicosia (1x1).

De regresso ao onze, após «baixa» por lesão, Kléber foi o primeiro a esboçar o perigo no Dragão. Primeiro aos sete minutos, a passe de Guarín, mas o resultado final não foi além de um choque com o guarda-redes cipriota. O mesmo que aos 12 minutos respondeu com uma defesa de nível ao remate à meia-volta do avançado brasileiro.

Embora sem convencer, longe disso, o FC Porto era dono do jogo e das ameaças passou à concretização, um minuto depois da oportunidade de Kléber. É certo que o marcador do golo foi Hulk, na cobrança de um livre, mas Chiotis, guarda-redes do APOEL, fez, no mínimo, 90 por cento do trabalho portista. Nada fotogénico!

Sem fazer muito por isso, o dragão chegava à vantagem, algo que funcionou como anestesia para o onze de Vítor Pereira. Aumentaram os passes errados, diminuiu a velocidade de execução e acentuaram-se os assobios nas bancadas. Resultado geral de tudo isto: golo do APOEL, aos 19 minutos.

O brasileiro Aílton ultrapassou Fernando como quem finta um juvenil em fase de aprendizagem, olhou para a baliza e procurou a sua sorte. O remate foi forte, colocado e Helton não teve hipóteses. Empate cipriota, mais castigo portista que talento dos visitantes, mas o certo é que o FC Porto se desorganizou, perdeu-se e saiu para o descanso vaiado pelos seus.

 

Ficha de jogo
FC Porto, 1
APOEL, 1

Jogo no Estádio do Dragão, no Porto.
Assistência 32.512 espectadores.

FC Porto Helton, Sapunaru, Otamendi, Rolando, Álvaro Pereira, Fernando (Belluschi, 69’), Guarín, João Moutinho (Defour, 78’), Hulk, James Rodriguez (Varela, 69’) e Kleber.

APOEL Chiotis (Pardo, 51’), Poursaitides, Kaká, Oliveira, William Boaventura, Hélio Pinto, Nuno Morais, Charalambides, Manduca (Jahic, 71’), Trickovski (Adorno, 90+2’) e Ailton.

Árbitro Antony Gautier, de França.
Amarelos Hélio Pinto (28’), Otamendi (29’), Kleber (45+2’), Trickovski (47’), Rolando (49’), James Rodriguez (54’), Sapunaru (72’), Alvaro Pereira (78’), Guarín (84), Kaká (84’), Hulk (90+4’).

Golos 1-0, por Hulk, aos 13’ e 1-1, por Ailton, aos 19.

 

 


Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Meus Blogs


 De Redundo para o Mundo
 Adamir Torres - Opinião
 Meu mundo, teu mundo
 Gatinhos Persa & Companhia
 BTT Bike Team
Santo Tirso Pastores

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2013
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2012
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2011
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2010
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub