Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

De Redundo para o Mundo

Um olhar sobre o mundo das notícias

De Redundo para o Mundo

Um olhar sobre o mundo das notícias

Ricardo Carvalho vs O mercenário

Setembro 04, 2011

adamirtorres

Ricardo Carvalho voltou a dizer, tal como no comunicado enviado na quarta-feira, que se sentiu «desrespeitado» durante o estágio de preparação para o desafio em Chipre, onde Portugal acabou por vencer por 4-0.

«É muito forte. É uma linguagem militar chamar-me desertor. Com a mesma linguagem eu podia chamá-lo de mercenário», respondeu, este sábado, Ricardo Carvalho, ao mesmo tempo que se mostra «disponível» para voltar à Seleção Nacional.

«Quando se vai para a guerra a troco de dinheiro, e não se vai por paixão e amor ao país, é-se mercenário. Eu estou na Selecção por amor e paixão. O selecionador está na Seleção Nacional porque lhe pagam para ser selecionador. Entristece-me, porque, apesar do que se passou, acho que eu não merecia», explicou, em entrevista à RTP.

«Quando cheguei do treino achei que não me tinham respeitado e senti que estava a mais. Fizeram-me sentir isso. Cheguei ao quarto e nem troquei de roupa. Peguei na minha mochila e fui direto para o carro. Não foi nada premeditado. Estava de cabeça quente e acabei por sair sem falar com ninguém, o que foi o meu grande erro. Não falei com os diretores da Federação, quando o devia ter feito», concede.

Carvalho diz que tudo o que aconteceu «foi uma grande injustiça», porque «tinha treinado bem», quando viu que a titularidade seria para Pepe, com o qual costuma partilhar o eixo da defesa no Real Madrid, sublinhando que nada tem contra o colega.

 

Opinião Pessoal

 

Quando trabalhamos arduamente e depois vemos que o nosso trabalho não foi reconhecido desmoralizamos, é difícil ficar de fora e para mais um jogador que sempre jogou com amor à camisola. No futebol deve-se respeitar as decisões do treinador, mas compreendo a frustração de Ricardo Carvalho pois sempre deu o seu melhor pela Seleção Portuguesa. Olhar para o gesto e esquecer tudo de bom que fez pela Seleção é uma injustiça e ainda chamar "desertor" é demais, punir o Ricardo Carvalho seria uma injustiça. (Segundo os regulamentos da UEFA, o defesa central do Real Madrid podia ser suspenso das provas europeias por um período de um a três meses, depois de ter abandonado o estágio da selecção portuguesa). Em 75 internalizações que fez, sempre foi um dos melhores de Portugal, sempre deu o seu melhor e para mim continua a ser o Ricardo Carvalho de sempre.

É uma injustiça o que o Paulo Bento lhe fez, assim como é um desrespeito ao seu trabalho. Paulo Bento mostrou que não é um líder ao insultar o jogador numa conferencia de imprensa. E para finalizar é preciso salientar que Paulo Bento enquanto treinador do Sporting também teve vários conflitos com os jogadores (Carlos Martins, Varelos, Izmailov ente outro), o dever de um treinador é mediar possíveis conflitos e não deitar mais lenha para o fogueira.

Portugal perdeu um grande central, um dos melhores do mundo.
Adamir Torres


Mais sobre mim

foto do autor

Box

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Meus Blogs


 De Redundo para o Mundo
 Adamir Torres - Opinião
 Meu mundo, teu mundo
 Gatinhos Persa & Companhia
 BTT Bike Team
Santo Tirso Pastores
Facebook

Pinterest

Twitter

---------------------------------------------- #### #####
Topo

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2013
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2012
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2011
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2010
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D