Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

De Redundo para o Mundo

Um olhar sobre o mundo das notícias

De Redundo para o Mundo

Um olhar sobre o mundo das notícias

Novas vitorias se avistam no horizonte portista

27.08.11 | adamirtorres

 

FC Porto e FC Barcelona defrontaram-se ontem (26 de Agosto de 2011) num jogo que marcou o fim da era André Villas-Boas e Falcao. Apesar de já não estarem no FC Porto estavam no pensamento de todos. O FC Porto saiu derrotado no jogou que marcou o fim de uma época recheada de conquistas:

 

A época 2010/11 iniciou-se com  conquista da Supertaça frente o SL Benfica por 2-0 contra todas a expectativas pois o SLB tinha ganho o Campeonato na época anterior e o FC Porto estava a estrear um novo treinador, mas desde logo deu para se perceber que esta época iria ter tons de azul. (Supertaça 2010/11 - SL Benfica 0-2 FC Porto)

 

Depois veio a goleada por 5-0 sobre o SL Benfica, partida em que o FC Porto mostrou toda a sua superioridade sobre o SLB. Uma partida tão fácil para o FC Porto que até pareceu brincadeira. Os azuis e brancos venceram com toda a justiça o clássico frente ao rival Benfica. (O FC Porto quer, pode, manda e goleia 5-0 ( Resumo) )

 

Seguiram-se os jogos da Liga Europa e apesar da superioridade do FC Porto na competição, o FC Porto teve alguns ossos duros de roer, como o jogo contra o Rapid. O FC Porto tem mostrado nestes últimos meses uma confiança extrema nas suas capacidades. É o resultado de êxitos que começam a ser contínuos. Seja em terrenos que mais parecem piscinas (como aconteceu em Coimbra), seja num recinto coberto de neve, que caiu de forma incessante durante o dia de hoje. É uma máquina em que tudo parece funcionar na perfeição. Para azar do Rapid, que encaixou a terceira derrota em casa (1-3) e viu os “dragões” confirmarem o primeiro lugar no Grupo L. (Dragão na Neve)

 

Já na Taça de Portugal, ficou marcada pela reviravolta história do FC Porto sobre o seu principal rival em pleno estádio da Luz por 3-1 depois de ter perdido por 2-0 no Dragão e contrariando todos os prognósticos que davam como certa a eliminação do FC Porto. "

O FC Porto fez história nessa quarta-feira, ao vencer o Benfica para a Taça de Portugal no Estádio da Luz e ao conseguir a terceira vitória mais folgada no campo do Benfica (3-1), depois dos triunfos por 5-0 em 96-97 (com António Oliveira ao leme) e por 4-2 em 86-87 (Artur Jorge era o técnico), ambas para a Supertaça." (Taça de Portugal: Benfica 1-3 FC Porto - Revista de Imprensa)

 

Mas o ponto mais alto nas provas nacionais foi a conquista do 25ª Titulo em pelo estádio da Luz com uma vitória por 2-1 e assim fazer a festa em casa do rival. "O FC Porto é o novo campeão nacional e colocou a cereja no topo do bolo em pleno Estádio da Luz, depois de vencer o Benfica por 2-1. Os dragões foram superiores ao longo dos 90 minutos e contaram com a pouca inspiração de Roberto para obter a ansiada conquista do 25-º campeonato da sua história." (O dia em que a luz se apagou - FC Porto campeões 2010/11 (Resumo))

 

Para completar a excelente época a nível nacional o FC Porto conquistou a sua 16ª Taça de Portugal com uma goleada por 6-2 sobre o Vitória de Guimarães. "O FC Porto conquistou, este domingo (22 de Maio 2011), a sua 16.ª Taça de Portugal ao vencer o Vitória de Guimarães por 6-2 no Estádio do Jamor. Numa final que aparentemente parecia difícil para o FC Porto pois ainda estava a recuperar de festa da conquista da Liga Europa 2010/11, mas tudo ficou facilitado com o golo obtido por James Rodríguez aos 3', que obrigou o Vitória de Guimarães a alterar a táctica." (

 
Mas o ponto mais alto da epóca foi a vitória sobre o Sporting de Braga por 1-0, na final da edição 2010-2011 da Liga Europa em futebol, disputada em Dublin, na República da Irlanda. "Oito anos após a conquista da Taça UEFA e depois de sete anos consecutivos na Liga dos Campeões, que arrebatou em 2003/2004, o FC Porto celebrou, assim, da melhor forma, o regresso à “segunda” prova continental" (FC Porto - Campeão Liga Europa 2010/11 (Resumo & Reacções)).
 
Apesar de todos estes títulos o FC Porto também bateu muitos recordes, o mais marcante foi sagrar-se campeão invicto. "27 vitórias e apenas três empates. Foi este o percurso notável do FC Porto na Liga 2010/11. Uma equipa invencível construída por André Villas-Boas, que hoje até se deu ao luxo de poupar muitos dos habituais titulares na deslocação ao estádio aos Barreiros para defrontar o Marítimo." (FC Porto - Campeão 2010/11 Invicto (Resumo))
 
Depois de tantas conquistas a ambição e o objectivo do FC Porto continuam os mesmos - ganhar.
No FC Porto o segundo lugar é o primeiro dos últimos e a palavra último não faz parte do dicionário do FC Porto.
Novas vitórias se avistam no horizonte portista e vamos continuar a vencer.
 
Somos Porto
Somos Campeões
Somos Dragões