Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

De Redundo para o Mundo

Um olhar sobre o mundo das notícias

De Redundo para o Mundo

Um olhar sobre o mundo das notícias

18.ª Supertaça Cândido de Oliveira - FC Porto 2-1 Vitória de Guimarães (Resumos)

07.08.11 | adamirtorres

FC Porto a vencer o Vitória de Guimarães e a erguer mais um troféu, fazendo história no futebol português, pois até hoje ainda nenhuma equipa tinha erguido a Supertaça Cândido de Oliveira por três ocasiões consecutivas.

O FC Porto marcou cedo, logo aos 4 minutos, com um bela jogada entre Moutinho e Hulk, com o médio a passar de calcanhar para Hulk e o avançado brasileiro a enviar “de letra” para a área do Vitória, onde apareceu Rolando a cabecear para a baliza de Nilson.(1-0)

Num pontapé de canto, o reforço Barrientos converteu e Toscano marcou de cabeça.(1-1)

Os portistas chegaram ao segundo golo, antes do apito para o intervalo. Rolando demonstrou que continua a ser um central (esta noite “convertido” em ponta-de-lança) fundamental na equipa portuense, não só pelos dois golos que marcou mas também pela segurança que ofereceu a defender. (2-1)

A segunda parte no Municipal de Aveiro não ofereceu golos aos 18 mil adeptos nas bancadas – cerca de 3 mil de Guimarães e 15 mil apoiantes do FC Porto – mas Targino e Maicon foram os jogadores que estiveram mais próximo de fazer balançar as redes.

Quis o destino que o primeiro jogo do novo treinador começasse exactamente da mesma forma que o de André Villas-Boas à frente dos azuis e brancos: no Estádio Municipal de Aveiro, Vítor Pereira, estreou-se com uma vitória no seu novo cargo, conquistando o primeiro título da carreira.

Os confrontos entre as duas equipas, contudo, não ficam por aqui e na próxima semana há mais um jogo agendado entre Vitória de Guimarães e FC Porto, com os minhotos a receberem os campeões nacionais na primeira jornada do campeonato.

 

Ficha de jogo
FC Porto 2

V. Guimarães 1

Jogo no Estádio Municipal de Aveiro, em Aveiro.
Assistência 18.313 espectadores.

FC Porto Helton, Sapunaru, Rolando, Maicon, Fucile, João Moutinho (Belluschi, 85’), Souza, Rúben Micael (Guarín, 66’), Hulk, Kléber e Varela (Falcao, 66’). Treinador Vítor Pereira.


V. Guimarães Nilson, Alex, N´Diaye, João Paulo, Anderson Santana, Barrientos (João Alves, 66’), El Adoua, Leonel Olímpio (Pedro Mendes, 72’), Targino, Toscano e Faouzi (Maranhão, 57’). Treinador Manuel Machado.
Árbitro Pedro Proença, de Lisboa.
Amarelos Fucile (58’), João Paulo (64’), Targino (70’), N´Diaye (73’).

Golos
1-0, por Rolando, aos 4’;
1-1, por Toscano, aos 33’;
2-1, por Rolando, aos 41’.

 

 

 

Revista de Imprensa


(Notícia em actualização)