Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

De Redundo para o Mundo

Um olhar sobre o mundo das notícias

De Redundo para o Mundo

Um olhar sobre o mundo das notícias

Justiça, sim ou não?

27.02.11 | adamirtorres

Passamos a vida a pedir justiça e a dizer que a ela não funciona em Portugal, mas quando alguém tenta impor regras perante infractores aparecem logo pessoas a defende-los.

 

Nesta última semana não se fala noutra coisa a não ser do preso de Paços de Ferreira, e dos métodos utilizador para impor a ordem. Mas o mais importante está a ser esquecido, os agentes dos GISP não foram lá porque o preso era bem comportado, mas sim para o fazer cumprir as regras básicas da prisão. As pessoas esquecem-se que naquele compartimento tem mais presos e que já estavam a ameaçar com greve de fome, por já não suportarem a situação, que estava a pôr em causa a saúde deles e a dos funcionários.

 

Toda a gente preocupada com o infractor, e os presos que cumprem a regras já não interessam? Pois… não servem para serem utilizados com arma de arremesso contra o governo!

 

O preso não cumpre as regras mesmo dentro de uma prisão e a oposição em vez de pedir intervenção para estas serem respeitadas, não! Vem pedir a demissão do ministro!

 

Como é que podemos pedir justiça, quando o sistema é contra a justiça. Se um agente durante a sua intervenção para impor a ordem ferir o desordeiro vêm logo pedir a suspensão desse agente de autoridade.

 

Hoje em dia já ninguém acredita na justiça porque os agentes não têm capacidade para impor justiça, por muito grave que tenha sido o crime aparece logo alguém a defender o criminoso.

 

Concordo que há outros métodos para resolver situações como esta em Paços de Ferreira, mas se o preso em causa cumprisse com as suas obrigações como os colegas de compartimento cumprem nada disto tinha acontecido.

 

Adamir Torres