Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

De Redundo para o Mundo

Um olhar sobre o mundo das notícias

De Redundo para o Mundo

Um olhar sobre o mundo das notícias

Quando a internet os finta fora de campo

05.02.11 | adamirtorres

 

As malhas da rede são tramadas e, por esse mundo fora, há cada vez mais episódios de desportistas enredados nelas. Por cá, Jorge Fucile conseguiu desembaraçar-se da teia. Ou melhor, depois das culpas atiradas às "meninas do clube de fãs", que, segundo o próprio jogador do FC Porto, lhe administram o perfil no Facebook (e, portanto, terão sido as autoras do incómodo post sobre a sua ausência no clássico com o Benfica), acabou por ser André Villas-Boas a deitar, ontem, a água na fervura. O treinador, que garantiu não ter conta no Facebook, acredita no lateral, logo: "Mal-entendido esclarecido, vamos para a frente." Que é como quem diz, vamos lá mas é pensar no Rio Ave, que nos visita já no domingo.

Mas nem só de redes sociais reza a história. Se as declarações na página do lateral uruguaio surgiram na madrugada seguinte à derrota dos dragões na Taça de Portugal, em Janeiro de 2006, depois de o Benfica ter perdido em casa com o Sporting (1-3) para o campeonato, Simão Sabrosa também esteve na teia de uma polémica por se ter referido à derrota como um "descalabro" no seu site oficial. Tal como o post de Fucile, o texto foi retirado da linha e, afinal, as culpas também não eram do ex-capitão do Benfica, mas do sogro, que lhe geria a página.
Fonte:Ionline

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.