Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

De Redundo para o Mundo

Um olhar sobre o mundo das notícias

De Redundo para o Mundo

Um olhar sobre o mundo das notícias

Meia hora trocada por férias, pontes, feriados e banco de horas

17.01.12 | adamirtorres

As negociações duraram 17 horas. Porém, poucas horas após o início, já o Executivo tinha deixado cair o prolongamento da jornada laboral. Em troca, acabaria por negociar um maior número de dias de trabalho, seja por via da redução de férias – cujo período é encurtado em três dias (de 25 para 22), seja pela redução do número de feriados. Além disso, cada empresa passa a poder gerir um banco de horas de 150 horas anuais por trabalhador – uma medida que permitirá a cada trabalhador trabalhar menos num dia e compensar com horas a mais noutro – sem que esse acréscimo seja pago como horas extraordinárias.

“Portugal mostra ao mundo, aos mercados, que mais uma vez sabemos ultrapassar as nossas diferenças e sabemos unir-nos em momentos de dificuldades. É exactamente com este espírito de união consagrado neste acordo que mostramos ao mundo que estamos a lançar as bases para vencer a crise”, sustentou o ministro da Economia e do Emprego, Álvaro Santos Pereira, após a maratona negocial de 17 horas que acabou cerca das 3h desta terça-feira.

O ministro sublinhou que “após meses de intensas negociações, o país sai daqui com um acordo em que reforça a competitividade da economia nacional, em que se lançam as bases para o crescimento económico e em que se preservam as bases para a paz social”. O ministro nada disse, apesar de questionado, para justificar o abandono da ideia de prolongar o dia de trabalho com meia hora extra.

Governo e parceiros sociais assinam acordo tripartido

Meia hora de trabalho trocada por férias, pontes, feriados e banco de horas

Faltas coladas a feriados custam dois dias de salário 

Indemnizações descem para 8 a 12 dias em Novembro 

Portugueses vão trabalhar mais 7 dias por ano  


Real Madrid com um triunfo por 1x2 (Resumo)

15.01.12 | adamirtorres

Foi uma noite de sofrimento para o líder da Liga espanhola Real Madrid, que depois de estar a perder por 1x0 frente ao Mallorca, fora, teve de operar a reviravolta que terminou com um triunfo por 1x2, na 19ª jornada da Liga espanhola.

Hemed, aos 39 minutos, colocou o Mallorca em vantagem, aproveitando um erro da defensiva merengue. Após canto da direita, Hemed aproveita para desviar a bola, com um belo cabeceamento, para golo.

A reviravolta da equipa de José Mourinho aconteceu apenas na segunda parte.
Aos 72 minutos, Higuaín, que tinha saido do banco, empatou após assistência de Mesut Özil, antes de Callejón, aos 85', fazer o 1x2.

Jogada de insistência do Real Madrid, com Benzema e Higuaín a rematarem primeiro para duas defesas de Aouate, mas Callejón acabou mesmo por fazer o golo que deu o triunfo ao Real Madrid.

 

Fonte: Zerozero 

FC Porto recebeu e venceu o Rio Ave por 2-0 (resumo)

15.01.12 | adamirtorres

O FC Porto recebeu e venceu, este sábado, o Rio Ave por 2-0, com golos de James (42' e 80'), em encontro da 15.ª jornada da I Liga.
Os Dragões entraram, este sábado, em campo no Estádio do Dragão sabendo que o Benfica tinha vencido o Vitória de Setúbal por 4-1, também em jogo da 15.ª jornada da I Liga, aumentanto assim para cinco pontos de distância dos Dragões.
Sem Moutinho e Djalma, o primeiro a cumprir castigo e o segundo ao serviço da seleção angolana, Vítor Pereira apostou no belga Defour para o meio-campo e em James Rodríguez, que viria a ser a estrela do encontro, para o ataque.
Na primeira parte, o FC Porto tomou conta do jogo mas pecou pela falta de eficácia na finalização e alguma "dependência" de Hulk para fazer os golos dos azuis e brancos. A formação de Vila do Conde contou apenas com um lance perigoso à baliza de Helton mas o guardião do FC Porto mostrou-se à altura.
O Incrível saiu lesionado do encontro depois de uma jogada de insistência ao minuto 26. O avançado brasileiro ainda regressou ao relvado mas acabou por abandonar o jogo quando o relógio mostrava 30 minutos de jogo. Kléber foi o escolhido para o substituir.
O primeiro golo do FC Porto surgiu ao minuto 42, após bom trabalho individual de James pela direita, acabando por rematar rasteiro, fora do alcance de Huanderson.
Na segunda parte, o FC Porto entrou forte, com várias oportunidades para dilatar a vantagem mas o golo chegaria mais tarde pelo talento de James.
Destaque para a entrada do jovem argentino Iturbe para o lugar de Fernando Belluschi, que chegou a ver um cartão amarelo.
Depois de alguns jogos sem inspiração, James Rodriguez voltou a mostrar serviço na noite chuvosa na cidade do Porto. Perto do minuto 80, o extremo colombiano bisou na partida, selando o marcador.

 

Ficha de jogo
FC Porto, 2
Rio Ave, 0

Jogo no Estádio do Dragão, no Porto.
Assistência 24.419 espectadores.

FC Porto Helton, Maicon, Rolando, Otamendi, Álvaro Pereira, Belluschi (Iturbe, 65’), Fernando, Defour, James Rodríguez, Hulk (Kléber, 32’) e Cristian Rodríguez (Varela, 76’). Treinador Vítor Pereira.

Rio Ave Huanderson, Jean Sony, Gaspar, Jeferson, Tiago Pinto, Bruno China, Wires, Jorginho (Braga, 58’), Kelvin (Mendes, 70’), João Tomás e Yazalde (Saulo, 80’). Treinador Carlos Brito.

Árbitro Marco Ferreira, da Madeira. Amarelos Maicon (49’), Gaspar (53’), Bruno China (61’) e Iturbe (83’). Vermelho directo Rolando (90’+4’).

Golos 1-0, por James Rodríguez, aos 42’; 2-0, por James Rodríguez, aos 80’.

 Fonte: Sapodesporto, Publico


Um empate que soube a pouco (Resumo)

08.01.12 | adamirtorres

Numa partida que arrancou de forma eléctrica, os “leões” começaram melhor e mais perigosos, mas os visitantes rapidamente equilibraram os acontecimentos, com o encontro a intercalar ciclos de perigo em uma e outra área. Apostando num futebol mais directo, para fugir à pressão leonina no meio-campo, os “dragões” privilegiaram as faixas laterais no primeiro tempo, em particular a canhota, para surpreender a equipa da casa.

Relevante é o facto de grande parte das oportunidades de golo (nomeadamente na primeira metade) terem resultado de lances de bola parada. Do lado do Sporting, um livre, logo aos 2’, e um canto, aos 28’, originaram defesas apertadas de Helton, sobrando no segundo tempo, aos 72’, mais um canto, cabeceado por cima por Izmailov (entrado aos 62’, para o lugar de Carrillo). Já os “dragões” investiram nos cantos estudados para pôr em sentido a equipa da casa: aos 7’ (com Belluschi a rematar ao lado), 13’ (Maicon, na pequena área obriga a grande defesa de Patrício) e 24’ (Otamendi cabeceia ao lado).

As excepções às bolas paradas surgiram na segunda parte, com Hulk (57’) e Wolfswinkel (76’) a permitirem defesas dos guarda-redes adversários. Mas os desperdícios mais escandalosos estavam guardados para a recta final, um para cada lado. Primeiro, aos 83’, Izmailov, com espaço na área, dominou, mas deixou Álvaro Pereira salvar sobre a linha de golo; em cima do apito final, James (entrado aos 59’ para o lugar de Djalma) imitou o russo, mas na hora do remate viu a bola embater, não num adversário, mas no colega Otamendi. Foram as derradeiras emoções de uma partida jogada de forma aberta, mas cautelosa, onde a divisão de pontos é um resultado perfeitamente ajustado.


POSITIVO

Assistência
Foram 48.855 adeptos a Alvalade assistir a este jogo, transformando o clássico com o FC Porto no jogo recordista de assistências nesta temporada no recinto leonino. Uma festa que honrou o espectáculo no relvado.

James
Entrou e procurou dinamizar o jogo atacante do FC Porto. Depois de uma remate forte, por cima da trave, acabou por desperdiçar uma das melhores oportunidades da sua equipa, atirando contra Otamendi.

Vítor Pereira
Muito criticado, o técnico portista lá vai mantendo a invencibilidade da sua equipa no campeonato e está muito perto de inscrever o seu nome na história do clube neste capítulo. Não arriscou em demasia, mas saiu de Alvalade mantendo a sua equipa depender de si própria para revalidar o título.

Izmailov
Um regresso bastante aplaudido, que teve duas oportunidades para ser abrilhantado com um golo.

Renato Neto
Uma estreia sem grandes sobressaltos da grande surpresa entre os titulares neste clássico.


NEGATIVO

Capel e Carrillo
Esperava-se muito mais dos dois extremos leoninos, mas pouco deixaram do seu futebol, demonstrando grandes limitações físicas para aguentar o ritmo do encontro.

Djalma
Não fez a diferença que se esperaria. Esteve melhor a defender do que atacar, mas para a sua equipa seria mais desejável o contrário


Ficha de jogo

Sporting 0
FC Porto 0

Jogo no Estádio José Alvalade, em Lisboa.
Assistência 48.855 espectadores.

Sporting Rui Patrício, João Pereira, Onyewu, Polga, Insua, Renato Neto (Matías Fernández, 53)’, Schaars, Elias, Carrillo (Izmailov, 62’), Capel (Evaldo, 69’) e Wolfswinkel.
Treinador Domingos Paciência.

FC Porto Helton, Maicon, Rolando, Otamendi, Álvaro Pereira, Fernando, João Moutinho, Belluschi (Defour, 68’), Djalma (James Rodríguez, 59’), Cristian Rodríguez (Kléber, 77’) e Hulk.
Treinador Vítor Pereira.

Árbitro Pedro Proença (Lisboa).
Amarelos Elias (2’), João Moutinho (27’), Otamendi (29’), Carrillo (45+1’), Polga (46’), Fernando (63’), Hulk (66’) e Schaars (84’).

Fonte:Publico

TDT é um imposto disfarçado para ver televisão (Catarina Martins)

07.01.12 | adamirtorres

Ontem (6/01/2012), num debate proposto pelo PCP sobre a TDT (Televisão Digital Terrestre) ficou provado, mais uma vez, que podíamos ter muitos mais canais gratuitos e não uns míseros 4 canais. Esta operação foi um tremendo negócio para a PT.

A deputada Catarina Martins intervém sobre o processo de migração para a TDT -- Televisão Digital Terrestre, considerando que se trata de um "absurdo técnico e uma chantagem económica para as populações" que tem de ser adiado, referindo que as famílias do interior irão pagar 50 milhões de euros para ver televisão.

 

Curiosidade: Alemanha tem 20 canais gratuitos; França tem 29 canais gratuitos; Espanha tem 20 canais gratuitos; Itália 27 tem canais gratuitos; Reino Unido tem 38 canais gratuitos.

 

 
 

 

Siga-nos também nas redes sociais :


O Banho do Homem e da Mulher

07.01.12 | adamirtorres

Como uma mulher toma banho? Como um homem toma banho? De uma forma engraçada, esse vídeo mostra as diferenças entre homens e mulheres através da análise do banho de cada um. Com Alice Giordano e Rodolfo Rodrigue e direção de F. Villegas e Bruno Lanzo

 
 

 

Siga-nos também nas redes sociais :


Bombeiro reanimou chiuaua

07.01.12 | adamirtorres

Um chiuaua foi salvo dum incêndio por um bombeiro, que conseguiu reanima-lo usando uma máscara de oxigénio para crianças. A luta desesperada para salvar o cão foi capturado em vídeo.

Mojo é o nome do chiuaua que ficou preso no reboque em chamas do dono. Os bombeiros retiram-no inconsciente e durante 10 minutos um paramédico esforçou-se para salvar o cão, usando uma máscara de oxigénio para crianças.

 

 
Fonte: JN

Siga-nos também nas redes sociais :