Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

De Redundo para o Mundo

Um olhar sobre o mundo das notícias

De Redundo para o Mundo

Um olhar sobre o mundo das notícias

FC Porto 0-2 FC Barcelona (Revista de Imprensa)

27.08.11 | adamirtorres

          

MARCA.COM

O Barcelona aumentou a sua colecção de troféus no Mónaco ganhando a Supertaça Europeia, também ela governada por Leo Messi, autor do primeiro golo e assistente de gala para o segundo, obra de Fàbregas.

 

MUNDODESPORTIVO.ES

No pequeno principado monegasco, o Barça não realizou um dos seus melhores jogos graças a um início asfixiante do FC Porto. Mas uma acção do número um do mundo permitiu dar o primeiro passo em direcção a mais um título.

 

L'Equippe

Este Barça pode não ser a máquina imparável que dominou durante a última época, mas já conta dois troféus. Depois da Supertaça espanhola, agora conseguiu a europeia e, mais uma vez, a luz veio de Messi, que aproveitou o caviar oferecido por Guarín.

 

AS.com

O Barcelona conquistou a quarta Supertaça Europeia depois de um jogo em que foi superior e no qual Messi e Fàbregas marcaram os golos. O FC Porto acabou com apenas nove jogadores, após a expulsões de Rolando e Guarín.

 

La Gazzette dello Sport

Como se o Barcelona não fosse já forte que chegue, depois de ver os portugueses, passados 39 minutos, oferecerem o golo da vantagem a Messi, não é possível evitar pensar que os catalães também são sempre bafejados pela sorte.


Novas vitorias se avistam no horizonte portista

27.08.11 | adamirtorres

 

FC Porto e FC Barcelona defrontaram-se ontem (26 de Agosto de 2011) num jogo que marcou o fim da era André Villas-Boas e Falcao. Apesar de já não estarem no FC Porto estavam no pensamento de todos. O FC Porto saiu derrotado no jogou que marcou o fim de uma época recheada de conquistas:

 

A época 2010/11 iniciou-se com  conquista da Supertaça frente o SL Benfica por 2-0 contra todas a expectativas pois o SLB tinha ganho o Campeonato na época anterior e o FC Porto estava a estrear um novo treinador, mas desde logo deu para se perceber que esta época iria ter tons de azul. (Supertaça 2010/11 - SL Benfica 0-2 FC Porto)

 

Depois veio a goleada por 5-0 sobre o SL Benfica, partida em que o FC Porto mostrou toda a sua superioridade sobre o SLB. Uma partida tão fácil para o FC Porto que até pareceu brincadeira. Os azuis e brancos venceram com toda a justiça o clássico frente ao rival Benfica. (O FC Porto quer, pode, manda e goleia 5-0 ( Resumo) )

 

Seguiram-se os jogos da Liga Europa e apesar da superioridade do FC Porto na competição, o FC Porto teve alguns ossos duros de roer, como o jogo contra o Rapid. O FC Porto tem mostrado nestes últimos meses uma confiança extrema nas suas capacidades. É o resultado de êxitos que começam a ser contínuos. Seja em terrenos que mais parecem piscinas (como aconteceu em Coimbra), seja num recinto coberto de neve, que caiu de forma incessante durante o dia de hoje. É uma máquina em que tudo parece funcionar na perfeição. Para azar do Rapid, que encaixou a terceira derrota em casa (1-3) e viu os “dragões” confirmarem o primeiro lugar no Grupo L. (Dragão na Neve)

 

Já na Taça de Portugal, ficou marcada pela reviravolta história do FC Porto sobre o seu principal rival em pleno estádio da Luz por 3-1 depois de ter perdido por 2-0 no Dragão e contrariando todos os prognósticos que davam como certa a eliminação do FC Porto. "

O FC Porto fez história nessa quarta-feira, ao vencer o Benfica para a Taça de Portugal no Estádio da Luz e ao conseguir a terceira vitória mais folgada no campo do Benfica (3-1), depois dos triunfos por 5-0 em 96-97 (com António Oliveira ao leme) e por 4-2 em 86-87 (Artur Jorge era o técnico), ambas para a Supertaça." (Taça de Portugal: Benfica 1-3 FC Porto - Revista de Imprensa)

 

Mas o ponto mais alto nas provas nacionais foi a conquista do 25ª Titulo em pelo estádio da Luz com uma vitória por 2-1 e assim fazer a festa em casa do rival. "O FC Porto é o novo campeão nacional e colocou a cereja no topo do bolo em pleno Estádio da Luz, depois de vencer o Benfica por 2-1. Os dragões foram superiores ao longo dos 90 minutos e contaram com a pouca inspiração de Roberto para obter a ansiada conquista do 25-º campeonato da sua história." (O dia em que a luz se apagou - FC Porto campeões 2010/11 (Resumo))

 

Para completar a excelente época a nível nacional o FC Porto conquistou a sua 16ª Taça de Portugal com uma goleada por 6-2 sobre o Vitória de Guimarães. "O FC Porto conquistou, este domingo (22 de Maio 2011), a sua 16.ª Taça de Portugal ao vencer o Vitória de Guimarães por 6-2 no Estádio do Jamor. Numa final que aparentemente parecia difícil para o FC Porto pois ainda estava a recuperar de festa da conquista da Liga Europa 2010/11, mas tudo ficou facilitado com o golo obtido por James Rodríguez aos 3', que obrigou o Vitória de Guimarães a alterar a táctica." (

 
Mas o ponto mais alto da epóca foi a vitória sobre o Sporting de Braga por 1-0, na final da edição 2010-2011 da Liga Europa em futebol, disputada em Dublin, na República da Irlanda. "Oito anos após a conquista da Taça UEFA e depois de sete anos consecutivos na Liga dos Campeões, que arrebatou em 2003/2004, o FC Porto celebrou, assim, da melhor forma, o regresso à “segunda” prova continental" (FC Porto - Campeão Liga Europa 2010/11 (Resumo & Reacções)).
 
Apesar de todos estes títulos o FC Porto também bateu muitos recordes, o mais marcante foi sagrar-se campeão invicto. "27 vitórias e apenas três empates. Foi este o percurso notável do FC Porto na Liga 2010/11. Uma equipa invencível construída por André Villas-Boas, que hoje até se deu ao luxo de poupar muitos dos habituais titulares na deslocação ao estádio aos Barreiros para defrontar o Marítimo." (FC Porto - Campeão 2010/11 Invicto (Resumo))
 
Depois de tantas conquistas a ambição e o objectivo do FC Porto continuam os mesmos - ganhar.
No FC Porto o segundo lugar é o primeiro dos últimos e a palavra último não faz parte do dicionário do FC Porto.
Novas vitórias se avistam no horizonte portista e vamos continuar a vencer.
 
Somos Porto
Somos Campeões
Somos Dragões

«Marcar penáltis contra o Barça é difícil» Hulk

27.08.11 | adamirtorres

Em declarações após o jogo, Hulk deu os parabéns pela atitude da equipa e deixou críticas ao árbitro da partida.

«Sabíamos que íamos enfrentar uma grande equipa. Infelizmente um erro contra o Barça é fatal e mais difícil ainda é marcar penáltis contra o Barcelona. Se o árbitro marcasse penáltis contra o Barcelona estaria 1-1 e a história era outra», referiu o brasileiro.


«Parece Playstation» Sapunaru

27.08.11 | adamirtorres

«Foi um jogo muito difícil, tentamos ganhar o jogo mas não conseguimos. Não custa perder contra uma equipa deste calibre. Se o árbitro tivesse assinalado grande penalidade (referindo à falta sobre Guarín) o jogo teria mudado de rumo», disse Sapunaru, esta sexta-feira, em zona mista, no Estádio Louis II.

«Parece Playstation», referiu Sapunaru.

«Agora estamos concentrados no campeonato nacional e chegar o mais longe possível na Liga dos Campeões», comentou.

 


«Criámos problemas ao Barcelona» Vitor Pereira

27.08.11 | adamirtorres

«Assisti a um bom jogo, a duas equipas que se respeitaram, mas que queriam vencer o jogo. Tenho pena que os erros que obrigámos o Barça a cometer não tenham resultado em golo a nosso favor. Nomeadamente, uma grande penalidade aos 80’ com as equipas 11 contra 11», frisou o técnico.

Apesar do resultado, Vitor Pereira diz ter ficado «satisfeitíssimo com o comportamento» dos seus jogadores.


Perdemos mas não morremos - Barcelona 2-0 FC Porto (Resumo)

27.08.11 | adamirtorres

          

 FC Porto não conseguiu impor-se, esta sexta-feira, no Mónaco, perdendo por 2-0 ante o Barcelona. Messi e Fàbregas marcaram os golos do encontro e a equipa catalã leva o seu quarto troféu para o museu do Camp Nou. FC Porto deixa escapar a sua terceira oportunidade consecutiva, depois de 2003, 2004 e esta noite.

O FC Porto começou muito bem o desafio no Mónaco, debaixo de uns 27º graus, exercendo muita pressão sobre os catalães. Os comandados de Vítor Pereira estiveram arrojados no ataque e competentes na defesa.

 

O que fazer contra uma equipa que é considerada uma das melhores de sempre? Como contrariar um domínio que assenta na posse de bola, no passe e desmarcação? Como enervar uma equipa que não se enerva e que tem absoluta confiança nas suas capacidades? Em teoria, a resposta óbvia é: jogar da mesma maneira e esperar que, de um equilíbrio de forças, apareça alguém que desequilibre. Mas quem joga contra o Barcelona tem quase sempre o mesmo fim e nesta sexta-feira não foi excepção. Lionel Messi desequilibrou e o FC Porto saiu do Mónaco derrotado por 2-0, naquela que foi a sua quarta presença na Supertaça europeia.

 

Ficha de jogo
Jogo no Estádio Luís II, no Mónaco.
Assistência 18.048 espetadores.

Barcelona Valdés, Dani Alves, Mascherano, Abidal, Adriano (Busquets, 63’), Keita, Xavi, Iniesta, Pedro Rodríguez (Fabregas, 80’), David Villa (Alexis Sánchez, 61’) e Messi. Treinador Pepe Guardiola
FC Porto Helton, Sapunaru, Rolando, Otamendi, Fucile, Souza (Fernando, 77’), Guarín, João Moutinho, Cristian Rodriguez (Varela, 69’), Hulk e Kléber (Belluschi, 77’). Treinador Vítor Pereira

Árbitro Bjorn Kuipers, da Holanda. Amarelos Cristian Rodriguez (30’), Iniesta (51’), Rolando (64’ e 86’), Guarin (81’). Vermelho Guarin (90’).
Golos 1-0, por Messi, aos 39’ e 2-0, por Fabregas, aos 88’.

 

 


 


Messi depois do Dragão (16 de Novembro de 2003)

26.08.11 | adamirtorres

A 16 de Novembro de 2003, um jovem franzino de 16 anos estreou-se pela equipa principal do Barcelona, convidado do FC Porto para o primeiro jogo no Estádio do Dragão. Não havia títulos em jogo e o treinador da altura, Frank Rijkaard, chamara alguns jogadores dos escalões de formação para formar uma equipa. Um deles era esse jovem de 16 anos chamado Lionel Andrés Messi, alguém que o mundo do futebol ainda não conhecia. Hoje, no Mónaco, Messi e o FC Porto reencontram-se, mas desta vez já vai haver qualquer coisa em jogo. E o argentino já não é apenas mais um jovem promissor. É o melhor do mundo.

Será no Stade Louis II, em plena Cote d"Azur, numa terra que já teve Grace Kelly como princesa, que Barcelona e FC Porto vão disputar a Supertaça europeia, um direito que conquistaram por terem ganho, respectivamente, a Liga dos Campeões e a Liga Europa. Eles são a realeza do futebol europeu e das equipas com mais títulos conquistados na última década, tanto a nível continental como nos seus próprios países. E há quem diga que até são equipas parecidas no estilo, que gostam de jogar ao ataque, que gostam de pressionar e de ter a bola. Um jornalista perguntou mesmo a Hélton, guarda-redes do FC Porto, como é que ia ser no jogo de hoje, em que não vai haver uma bola para cada uma das equipas. "Só pode haver uma bola", respondeu o guardião brasileiro.

Parece mesmo haver uma admiração mútua entre as duas equipas, reverência até. Não se ouve coisas assim de Barcelona quando tem de defrontar o Real Madrid, ou do FC Porto quando joga com o Benfica. Pep Guardiola referiu-se ao FC Porto como "uma das melhores equipas do mundo" - "é sempre um prazer jogar contra grandes equipas", acrescentou o catalão -, enquanto Vítor Pereira foi mais longe: "O Barcelona é a equipa que melhor vi jogar na minha vida."

 

O melhor de Portugal contra o melhor do mundo

Hulk e Messi: imprevisibilidade está nos pés dos dois esquerdinos

Barça tenta superar Real Madrid

A tarefa do FC Porto está mais difícil do que há três meses 

 


Portugal vs Chipre - Lista de convocados

26.08.11 | adamirtorres

Portugal defronta no dia 2 de Setembro o Chipre, em jogo do grupo H da fase de apuramento para o EURO 2012, e o selecionador nacional, Paulo Bento, acredita que Portugal vai saber manter o rigor e profissionalismo que tem caracterizado as últimas exibições.

 

Lista de convocados

Guarda-redes Rui Patrício (Sporting), Eduardo (Benfica), Quim (Sp. Braga).

Defesas João Pereira (Sporting), Sílvio (Atlético de Madrid, Esp), Pepe (Real Madrid, Esp), Ricardo Carvalho (Real Madrid, Esp), Bruno Alves (Zenit, Rus), Rolando (FC Porto), Fábio Coentrão (Real Madrid, Esp).

Médios André Santos (Sporting), Eliseu (Málaga, Esp), João Moutinho (FC Porto), Miguel Veloso (Génova, Ita), Paulo Machado (Toulouse, Fra), Raul Meireles (Liverpool, Ing) e Ruben Micael (Saragoça, Esp).

Avançados Cristiano Ronaldo (Real Madrid, Esp), Danny (Zenit, Rus), Hélder Postiga (Sporting), Hugo Almeida (Besiktas, Tur), Nani (Manchester United, Ing) e Varela (FC Porto).


Sorteio Liga Europa - Sporting em maus lenços

26.08.11 | adamirtorres

O sorteio da fase de grupos da Liga Europa ditou grupos teoricamente acessíveis para os dois clubes portugueses.

A Lazio é o grande adversário do Sporting no Grupo D. Os "leões" não têm boas recordações de equipas italianas e a Lazio, que foi quinta classificada, é o grande opositor da formação lisboeta. Já o Sporting de Braga calhou num grupo equilibrado, em que vai voltar a defrontar o Birmingham, carrasco do Nacional na eliminatória anterior à fase de grupos.

O estatuto de cabeça de série permitiu a Braga e Sporting evitarem adversários como Tottenham, Atlético de Madrid, Schalke 04, Dínamo de Kiev, Paris Saint-Germain, Anderlecht e Twente.

Grupo A
Tottenham (Ing)
Rubin Kazan (Rus)

PAOK Salónica (Gre)
Shamrock Rovers (Irl)
Grupo B
Copenhaga (Din)
Standard Liège (Bel)

Hannover (Ale)
Vorskla Poltava (Ucr)
Grupo C
PSV Eindhoven (Hol)
Hapoel Telavive (Isr)


Rapid Bucareste (Rom)

Legia Varsóvia (Pol)
Grupo D
SPORTING (POR)
Lazio de Roma (Ita)
Zurique (Sui)

Vaslui (Rom)

Grupo E
Dínamo de Kiev (Ucr)

Besiktas (Tur)

Stoke City (Ing)

Maccabi Telavive (Isr)


Grupo F
Paris Saint-Germain (Fra)
Athletic de Bilbau (Esp)

Salzburgo (Aut)

Slovan Bratislava (Esl)

Grupo G
AZ Alkmaar (Hol)

Metalist Kharkiv (Ucr)

Áustria Viena (Aut)
Malmo (Sue)

Grupo H
SP. BRAGA (POR)
Brugge (Bel)

Birmingham (Ing)

Maribor (Esl)

Grupo I
Atlético de Madrid (Esp)

Udinese (Ita)

Rennes (Fra)

Sion (Sui)

Grupo J
Schalke 04 (Ale)
Steaua Bucareste (Rom)
Maccabi Haifa (Isr)

AEK Larnaca (Chi)
Grupo K
Twente (Hol)
Fulham (Ing)

Odense (Din)

Wisla Cracóvia (Pol)

Grupo L
Anderlecht (Bel)

AEK Atenas (Gre)


Lokomotiv Moscovo (Rus)

Sturm Graz (Aut)


Sporting com a Lazio, Zurique e Vaslui e Braga com Brugge, Birmingham e Maribor (Publico)

Beto: "O Sporting tem ambição de seguir em frente” (Publico)

Fernando Couto: “Temos de nos assumir como candidatos” (Publico)







 


Domingos Paciência 9ª Marcador (Curiosidades FCP)

26.08.11 | adamirtorres

Domingos José Paciência Oliveira, (Leça da Palmeira, 2 de Janeiro de 1969)

Avançado nato, viu a sua posição "preenchida" com a chegada de Mário Jardel. Melhor marcador no campeonato na época de 1995/96, tendo apontado 25 golos, será para sempre uma das referências do clube portista. Apesar da sua baixa estatura, punha qualquer defesa em alerta, tendo sido campeão por sete vezes. (144 golos)