Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

De Redundo para o Mundo

Um olhar sobre o mundo das notícias

De Redundo para o Mundo

Um olhar sobre o mundo das notícias

Lista de convocados (FC Porto)

Depois de ter cumprido um jogo de castigo no campeonato, Maicon está de regresso aos eleitos de Vítor Pereira para a receção ao Olhanense. O central entra para o lugar de Mangala na convocatória.

 

 

1Helton Guarda Redes Brasil Brasil
31Rafael Bracalli Guarda Redes Brasil Brasil
4Maicon Defesa Brasil Brasil
5Álvaro Pereira Defesa Uruguai Uruguai
14Rolando Defesa Portugal Portugal
21Sapunaru Defesa Roménia Roménia
26Alex Sandro Defesa Brasil Brasil
30Otamendi Defesa Argentina Argentina
3Lucho González Médio Argentina Argentina
8João Moutinho Médio Portugal Portugal
25Fernando Médio Brasil Brasil
35Steven Defour Médio Bélgica Bélgica
11Kléber Avançado Brasil Brasil
12Hulk Avançado Brasil Brasil
17Varela Avançado Portugal Portugal
19James Rodríguez Avançado Colômbia Colômbia
27Iturbe Avançado Argentina Argentina
29Marc Janko Avançado Áustria Áustria

 Fonte: Zerozero


Bola de carne

1 kg de farinha sem fermento

7 ovos

¼ litro de azeite

100 gr de manteiga

100 gr de fermento de padeiro

¼ de litro de leite

1 pouco de sal

 

- Derrete-se a manteiga no leite morno e junta-se o fermento (atenção que o leite não deve estar muito quente senão tira o efeito ao fermento)

- Deita-se a farinha num recipiente e faz-se uma covinha no meio e juntam-se todos os ingredientes

- amassa-se tudo muito bem e deixa-se levedar durante 2 horas.

- passado o tempo, com a ajuda de farinha para não pegar, divide-se a massa em três porções e põe-se uma parte num tabuleiro untado com manteiga e polvilhado com farinha e estica-se

- colocam-se de seguida as carnes: chouriço, bacon etc

- coloca-se a outra porção de massa e estica-se, colocam-se mais carnes e por fim coloca-se a última porção de massa e barra-se com ovo

- vai ao forno 30 minutos

 

(esta é também a massa utilizada para fazer pizas)


Carne à alentejana

- carne da pá ou para rojões

- corta-se a carne em pedacinhos e tempera-se de um dia pró outro com:

- sal

- alho

- louro

- piripiri

- massa de pimentão (pimento vermelho ralado)

- cravinho

- orégãos

- um raminho de coentros

- salsa

- canela

- noz moscada

- vinho branco

 

- fazer um refogado com cebola e azeite e deita-se a carne

- deixa-se alourar e depois deita-se a marinada no tacho

- pode-se acrescentar água se for preciso

- quando estiver cozido deitam-se as amêijoas ( podem ser congeladas – na hora deitam-se numa bacia com sal e agua e vai-se mexendo, renova-se a água 1 ou 2 vezes)

 

- entretanto fritar batatas cortadas em quadradinhos e depois deita-las junto no molho da carne.

 

Serve-se com arroz e salada


FC Porto venceu o Nacional (0-2) e segurou o primeiro lugar do campeonato (Resumo)

O FC Porto venceu esta noite o Nacional (0-2) e segurou o primeiro lugar do campeonato, independentemente dos resultados de Benfica e Sp. Braga. Um golo de Janko, num lance caricato, abriu caminho ao terceiro triunfo consecutivo dos “dragões” na Choupana, em jogos do campeonato.

Não foi nada fácil o jogo do F. C. Porto na Madeira. Aliás, para se ter uma ideia, o guarda-redes Helton foi um dos melhores em campo e salvou os dragões nos instantes finais. O problema é que a equipa orientada por Vítor Pereira desperdiçou várias oportunidades que podiam ter sentenciado o jogo mais cedo, acabando por ser o tento de Janko, aos 21 minutos, e o golo de Alex Sandro, nos descontos, a fazer a diferença. O primeiro a aproveitar um mau alívio do defesa João Aurélio; o segundo na sequência de uma recarga, depois de uma defesa incompleta do guarda-redes.

 

Dragão vence e pressiona Benfica e Braga

Sabíamos que não seria um passeio - Vítor Pereira

F.C. Porto sofre para vencer o Nacional

FC Porto sofre mas sai da Madeira com três pontos


FC Porto volta a ganhar no seu salão de festas 2-3 ( Resumo)

O F.C. Porto venceu, nesta noite de sexta-feira, o Benfica, por 3-2, no Estádio da Luz. Hulk, James e Maicon foram os autores dos golos dos dragões, Cardozo bisou pelos encarnados. Desta forma, o conjunto de Vítor Pereira reforçou a liderança e passa a três pontos de vantagem sobre os lisboetas.

 

POSITIVO
James
Foi uma semana frenética para o colombiano, mas não podia ter terminado melhor. Jogou 80’, na quarta-feira, na Flórida, frente ao México, e teve forças para decidir o clássico.
Hulk
Apontou o seu primeiro golo em 2012. E que grande golo a abrir o espectáculo.
Cardozo
Dois golos do paraguaio fizeram o Benfica sonhar muito alto, mas acabaram por ser curtos para a vitória.

NEGATIVO
Emerson
Teve culpas no golo de Hulk e a sua expulsão condicionou os “encarnados”.
Jesus
Foi o quarto jogo consecutivo sem vencer 
e poderá ter sido fulcral para 
as aspirações no campeonato.
Artur
Maicon até partiu em 
fora-de-jogo, mas Artur 
teve uma saída em falso no lance do 2-3.

Ficha de Jogo
Benfica, 2
FC Porto, 3
Jogo no Estádio da Luz, em Lisboa.
Assistência 58.222 espectadores.

Benfica Artur, Maxi Pereira, Luisão, Garay (Miguel Vítor, 71’), Emerson, Javi García (Nélson Oliveira, 90’), Witsel, Gaitán, Aimar (Rodrigo, 51’), Nolito e Cardozo. Treinador Jorge Jesus.
FC Porto Helton, Maicon, Rolando (James Rodríguez, 58’), Otamendi, Álvaro Pereira, Fernando, Lucho González, João Moutinho (Kléber, 86’), Hulk (Sapunaru, 90’+3’), Janko e Djalma. Treinador Vítor Pereira.
Árbitro Pedro Proença, de Lisboa. Amarelos Rolando (21’), Álvaro Pereira (24’), Djalma (29’), Cardozo (45’+1’), Emerson (63’ e 77’), Helton (90’+1’), Hulk (90’+2’) e Maxi Pereira (90’+4’). Vermelho Emerson (77’).
Golos 0-1, por Hulk, aos 7’; 1-1, por Cardozo, aos 41’; 2-1, por Cardozo, aos 48’; 2-2, por James Rodríguez, aos 64’; 2-3, por Maicon, aos 87’

 

 

 

FC Porto sai da Luz com o título nas mãos