Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Sensualidade e erotismo não serão ideias que passarão pela cabeça de muita gente no momento em que se sacia a fome com um hambúrguer, mas tal pode mudar com a ajuda da modelo Kate Upton e da cadeia de restaurantes Carl"s Jr./Hardee.

Com o pretexto do lançamento de uma sande mais picante, a cadeia de comida rápida norte-americana resolveu investir num anúncio que transforma o banal ato de comer um hambúrguer numa experiência quase sexual.

Ler Artigo Completo...  (Jornal de Notícias)

 

 


Autoria e outros dados (tags, etc)


Sexy Imagens

28.02.12

 

 


Autoria e outros dados (tags, etc)

O Sp. Braga goleou o Vitória de Guimarães, por 4-0, em jogo da 20ª jornada da Liga Portuguesa. Com este resultado a equipa bracarense mantém a distância de 3 pontos para os líderes da prova.

 

Ficha de jogo
Sp. Braga, 4
V. Guimarães, 0

Jogo no Estádio Axa, em Braga.

Sp. Braga Quim, Salino (Ukra, 83’), Nuno André Coelho, Douglão, Elderson, Custódio, H. Viana, Rúben Amorim, P. César (Mossoró, 67’), Hélder Barbosa (N. Gomes, 89’) e Lima.
Treinador Leonardo Jardim.

V. Guimarães Nilson, Alex, Freire, Defendi, Bruno Teles, Leonel Olímpio, João Alves (Nuno Assis, 73’), Paulo Sérgio (N’Diaye, 39’), Barrientos (Urreta, 46’), Toscano e Edgar.
Treinador Rui Vitória.

Árbitro João Capela, de Lisboa.
Amarelos Ruben Amorim (40’), Douglão (65’), N’Diaye (76’).
Vermelhos Freire (31’).

Golos 1-0, por Elderson, aos 4’; 2-0, por Custódio, aos 19’; 3-0, por Lima (g.p.), aos 77’; 4-0, por Ukra, aos 88’.

 


Autoria e outros dados (tags, etc)

O FC Porto venceu, este domingo, o Feirense por 2-0, com golos de Maicon (68') e James (72'), em jogo da 20.ª jornada da I Liga, disputado no Estádio do Dragão.
Depois do empate sem golos do então líder Benfica em casa da Académica, o FC Porto tinha neste encontro uma oportunidade de ouro para se colar aos encarnados na liderança do campeonato português.

FC Porto aproveita da melhor forma o deslize do Benfica em Coimbra e as duas equipas abrirão, na sexta-feira, a 21.ª jornada em pé de igualdade, com os mesmos 49 pontos. Não esquecer que o Braga, que só joga amanhã com o Vitória de Guimarães, pode ficar a três pontos do primeiro lugar em caso de vitória.

 

 

 


Autoria e outros dados (tags, etc)

Uma ponte de mais de 450 metros de comprimento sobre o rio Ohio, nos EUA, com mais de 80 anos de idade, foi demolida em menos de seis segundos.

Chamava-se ponte Fort Steuben, tinha 83 anos e ligava as cidades de Steubenville, no estado de Ohio, e Weirton, no esatdo de Virgínia Ocidental.

Desde a sua inauguração e até ao ano de 1950, a ponte tinha uma utilização privada. Depois, converteu-se numa travessia pública.

Fonte:JN

Autoria e outros dados (tags, etc)

 O FC Porto despediu-se hoje da Liga Europa, prova que tinha ganho a época passada, depois de eliminado pelo Manchester City nos 16 avos de final. Após a derrota por 2-1 no Dragão, no primeiro jogo, os portistas voltaram a perder com os ingleses em Manchester, agora por 4-0, com os golos dos anfitriões a serem apontados por Kun Aguero, logo no primeiro minuto, Dzeko (76), David Silva (84) e Pizarro (86).

 

Ficha do jogo
Manchester City, 4

FC Porto, 0
Jogo no Estádio Etihad, em Manchester. 
Assistência: Cerca de 40.000 espectadores.

Manchester City: Joe Hart, Micah Richards, Kompany, Lescott, Clichy, Barry (James Milner, 58’), De Jong, Touré, Nasry (Dzeko, 70’), David Silva e Kun Aguero (Pizarro, 80’). Treinador Roberto Mancini
FC Porto: Helton, Maicon, Rolando, Otamendi (Sapunaru, 63’), Alex Sandro, Fernando, João Moutinho, Lucho, Varela (Cristian Rodríguez, 63’), James Rodriguez (Defour, 80’) e Hulk. Treinador Vítor Pereira
Árbitro Wolfgang Stark, da Alemanha. 
Amarelos: Rolando (13’ e 76’), Hulk (14’), Otamendi (26’) e Touré (67’). Vermelho por acumulação: Rolando (76’).
Golos: 1-0, por Kun Aguero, aos 01’; 2-0, por Dzeko, aos 76’; 3-0, por David Silva, aos 84’ e 4-0, por Pizarro, aos 86’.

Muitos tiros de pólvora seca não chegaram para assustar o City

Quatro «coelhos» saídos da cartola de Mancini derrubam FC Porto

F. C. Porto goleado (4-0) e eliminado da Liga Europa

 


Autoria e outros dados (tags, etc)

O F.C. Porto derrotou, neste final de tarde deste domingo, o V. Setúbal por 3-1, no Bonfim, e colocou pressão sobre o Benfica, que esta segunda-feira à noite tem uma partida difícil no Minho, frente ao V. Guimarães.

Os dragões entraram praticamente a vencer, fruto de um bom cabeceamento de Janko, aos três minutos. A dominar, por completo, o adversário, o segundo golo foi concretizado, por Fernando, aos 26.

Na segunda parte, já a pensar no jogo frente ao Manchester City, de quarta-feira, Vítor Pereira substituiu Lucho, Hulk e João Moutinho. O V. Setúbal ainda assustou o campeão nacional ao conseguir reduzir, através de Meyong (75), mas Varela acabou por encerrar, quatro minutos depois, o resultado final.

POSITIVO

Moutinho
Ofereceu o 1-0 a Janko e, enquanto esteve em campo, o FC Porto controlou sempre o jogo. Obrigou Ricardo a uma boa defesa e mostrou mais uma vez que luta sempre, seja qual for o adversário.

NEGATIVO

Hulk
Escolheu quase sempre a opção errada e foi demasiado individualista. Foi alvo de muitos gritos da bancada (Hulk, Hulk, Hulk), talvez para a UEFA ouvir, mas nem isso o animou.

Centrais do V. Setúbal
À excepção de Meyong, a equipa sadina esteve mal. Os centrais merecem destaque negativo porque foi por eles que começou a derrocada.

Ficha de jogo
V. Setúbal, 1
FC Porto, 3
Jogo no Estádio do Bonfim, em Setúbal. 
Assistência 4.702 espectadores.

V. Setúbal Ricardo, Ney, Ricardo Silva, Amoreirinha, Miguelito, Djikiné (Rafael Lopes, 46’), Hugo Leal, Bruno Amaro, Neca (Bruno Gallo, 37’), Meyong e Targino. 
Treinador José Mota
FC Porto Helton, Sapunaru, Otamendi, Rolando, Alex Sandro, Fernando, Lucho (Defour, 58’), Moutinho (James, 66’), Varela, Hulk (Cristian Rodriguez, 66’) e Janko. 
Treinador Vítor Pereira
Árbitro Paulo Baptista, de Portalegre. 
Amarelos Ney (14’), Amoreirinha (22’), Sapunaru (69’), Otamendi (75’), Bruno Amaro (82’).

Golos 0-1, por Janko, aos 3’; 0-2, por Fernando, aos 26’; 1-2, por Meyong, aos 75’ e 1-3, por Varela, aos 79’.

 

Janko iguala arranque de Jardel 

Janko mascarou-se de Jardel e o FC Porto não levou a mal (1x3)

F. C. Porto derrota V. Setúbal por 3-1 no Bonfim

FC Porto cumpre em Setúbal e torce pelo outro Vitória

 


Autoria e outros dados (tags, etc)

O FC Porto perdeu, esta quinta-feira, por 1-2 com o Manchester City, em desafio da primeira mão dos 16 avos de final da Liga Europa. disputado no Estádio do Dragão. Segunda mão está agendada para a próxima quarta-feira, em Manchester.

Os Dragões foram para o intervalo a vencer por 1-0 mas o auto-golo de Alvaro Pereira (55') e o tento de Aguero [85'] selaram a vitória dos "citizens" no Estádio do Dragão. FC Porto tem a continuidade na "sua" Liga Europa em risco.

 

Ficha de jogo
FC Porto, 1-2 Man. City

Jogo no Estádio do Dragão, no Porto.
Assistência 47.416 espectadores.

FC Porto Helton, Danilo (Mangala, 22’, Defour, 89’), Rolando, Maicon, Álvaro Pereira, Fernando, Lucho Gonzalez, João Moutinho, Varela (Kléber, 77’), James Rodriguez e Hulk. Treinador Vítor Pereira
Man. City Hart, Richards, Kompany, Lescot, Clichy, Barry, De Jong, David Silva (Kolarov, 82’), Touré, Nasri (Zabaleta, 88’) e Balotelli (Aguero, 78’). Treinador Roberto Mancini
Árbitro Cuneyt Cakir, da Turquia. Amarelos Danilo (21’), Touré (25’), Álvaro Pereira (54’), Kompany (59’), De Jong (60’), Barry (61’), Nasri (74’) e Richards (90+3’).
Golos 1-0, por Varela, aos 27’; 1-1, por Álvaro Pereira (p.b.), aos 55’ e 1-2, por Aguero, aos 84’.

 

FC Porto permitiu a reviravolta do Manchester City

 


Autoria e outros dados (tags, etc)

 

O FC Porto recebeu e venceu, este domingo, a União de Leiria por 4-0, com golos de Marc Janko (64'), James (75') e Alvaro Pereira (86') e Maicon (89'), em jogo da 18.ª jornada da I Liga. Dragões continuam a cinco pontos do líder Benfica.
Vítor Pereira contou com o Hulk, que regressou aos relvados depois de ter ficado afastado quase um mês devido a lesão, na equipa inicial, e manteve a aposta nos reforços de inverno Marc Janko e Lucho González.
O FC Porto entrava para este encontro sob pressão, depois de Braga, terceiro classificado com 40 pontos, e Benfica, líder com 48, terem vencidos os respetivos encontros desta 18.ª jornada.

Ler Mais... Sapo Desporto

 

O desfecho não espelha as dificuldades que os "dragões" encontraram, no seu terreno, face à estratégia montada por Manuel Cajuda, que surtiu efeito até aos 66 minutos do encontro.

A expulsão de Shaffer, no início do segundo tempo, e a vivacidade do jovem colombiano foram, no entanto, fatais para a equipa que tudo apostou na
defesa.

Vítor Pereira montou a equipa "reajustada" pelo mercado de inverno, com os reforços Danilo, Lucho e Janko a titulares, contando ainda com o regresso, após lesão, de Hulk.

Ler Mais... Jornal de Notícias

 

Pressionado pela vitória do Benfica sobre o Nacional da Madeira, o FC Porto, que estava obrigado a vencer para manter os cinco pontos de atraso em relação aos encarnados, cumpriu a missão e derrotou a União de Leiria por 4x0.
Foram precisos 66 minutos, altura em que Janko se estreou a marcar no campeonato, para os azuis e brancos abrirem caminho à vitória sobre a União de Leiria de Manuel Cajuda, que, abdicando de atacar, tentou ser o mais certa possível a defender.
A verdade é que, se por um lado nunca incomodou Helton, que mal se viu em campo porque a bola nem sequer se aproximava dele, por outro
incomodou, e de que maneira, os avançados do FC Porto, que criaram poucas situações para marcar.

Ler Mais... Zero Zero

 

 

 

POSITIVO
Oblak
O guarda-redes que o Benfica tem emprestado à U. Leiria sofreu quatro golos, mas não teve culpa em nenhum e fez defesas de grande qualidade.
James Rodríguez
Só Vítor Pereira poderá explicar por que é suplente o jovem colombiano. A sua entrada deu outra vivacidade ao ataque portista e a U. Leiria deixou de só se preocupar com Hulk.
NEGATIVO
Expulsão de Schaffer
O lateral esquerdo teve um excesso de agressividade sobre João Moutinho, mas o cartão vermelho mostrado por Rui Silva (seguindo recomendação do árbitro assistente) pareceu um exagero visto da bancada. Uma decisão que condicionou o jogo e facilitou a tarefa de quem já era mais forte

Ficha de Jogo

FC Porto, 4
U. Leiria, 0

Jogo no Estádio do Dragão, no Porto.
Assistência 27.829 espectadores.

FC Porto Helton, Danilo, Maicon, Mangala, Álvaro Pereira, Fernando, João Moutinho (Defour, 79’), Lucho, Hulk (Djalma, 84’), Janko e Varela (James, 60’). Treinador Vítor Pereira.
U. Leiria Oblak, Manuel Curto, Haas, Edson, Ivo Pinto, Élvis (Djaniny, 70’), Marcos Paulo, Schaffer, John Ogu, Bruno Moraes (Terroso, 53’) e Robinho (Luís Leal, 61’). Treinador Manuel Cajuda.

Árbitro Rui Silva, de Vila Real. Amarelos Varela (27’), Janko (60’), Álvaro (79’) e John Ogu (88’). Vermelho directo Shaffer (48’).

Golos 1-0, por Janko, aos 66’; 2-0, por James, aos 74’; 3-0, por Álvaro Pereira, 86’; 4-0, por Maicon, aos 89’.

Ler Mais... Publico

 

 

 


Autoria e outros dados (tags, etc)

O FC Porto recebeu e venceu, este domingo, o Vitória de Setúbal por 2-0, com golos de Lucho (24') e Janko (67'), em encontro da terceira jornada do Grupo D da Taça da Liga.

Lucho protagonizou o primeiro grande momento da partida, quando arrancou um remate perfeito, em arco, com o pé esquerdo, que só terminou no fundo da baliza do V. Setúbal. Estavam decorridos 24 minutos de jogo e os adeptos já aplaudiam uma estreia em grande do argentino, neste regresso ao Estádio do Dragão.
Mas Lucho não seria o único reforço a facturar na estreia. Marc Janko, o austríaco que o FC Porto contratou ao Twente há dias, teve algumas boas oportunidades para marcar e acertaria na baliza aos 68', ao emendar na pequena área um cruzamento da esquerda.

 

Positivo

Lucho González
Abdicou de dinheiro para regressar ao FC Porto e os adeptos mostraram que estão gratos, incentivando o argentino do início ao fim. O golo foi a cereja no topo do bolo.

Matos
Com Diego lesionado, Matos teve uma oportunidade de se mostrar e saiu-se bem. O experiente guarda-redes sadino salvou a equipa de sair do Dragão com derrota pesada.

Negativo

V. Setúbal
Último lugar na Liga, afastamento da Taça de Portugal pelo Mirandela e agora eliminação da Taça da Liga. Foi a quinta derrota consecutiva.

Ficha de jogo
FC Porto, 2
V. Setúbal, 0

Jogo no Estádio do Dragão, no Porto.
Assistência: cerca 25.000 espectadores.

FC Porto: Bracali, Danilo, Maicon, Mangala, Alex Sandro (Álvaro Pereira, 63’), Fernando (Defour, 36’), Lucho Gonzalez, João Moutinho, Varela, Mark Janko e Cristian Rodriguez (James Rodriguez, 63’)
Treinador Victor Pereira

V. Setúbal: Matos, Ney, Ricardo Silva, Igor, Miguelito, Bruno Amaro, Hugo Leal (Djikiné, 73’), Neca, Jorge Gonçalves (Rafael Lopes, 78’), Kiko (Targino, 46’) e Meyong
Treinador Bruno Ribeiro

Árbitro: Vasco Santos, do Porto.
Amarelos: Jorge Gonçalves (72’), Ney (82’) e Bruno Amaro (87’).
Golos 1-0, por Lucho Gonzalez, aos 24’ e 2-0, por Mark Janko, aos 67’

 

No outro encontro do Grupo D, o Paços de Ferreira venceu o Estoril por 0-1.

 Fonte: Publico, Sapodesporto


Autoria e outros dados (tags, etc)

Gatinhos Persa & Companhia





Facebook

Pinterest

Twitter


Nota

"As Informações contidas neste site tem exclusivamente fins informativos, humorísticos e de partilha com os visitantes. Se você se sentir ofendido com algum conteúdo, ou está presente em alguma imagem publicada sem autorização ou estiver a violar os direito de autor, favor entrar em contato com nossa equipe. A reprodução do conteúdo deste site é permitida e incentivada, desde que citada e linkada a fontes."


Mensagens

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Visitas

Browser Support

 Firefox Opera Google Chrome 





Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D


HTML