Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

De Redundo para o Mundo

Um olhar sobre o mundo das notícias

De Redundo para o Mundo

Um olhar sobre o mundo das notícias

Hulk «Vai ser um jogo de vida ou morte»

«Foi um grande jogo, joguei muito bem. Conseguimos controlar o jogo todo mas facilitámos na parte final. Sofremos dois mas já tínhamos feito três. O mais importante é a vitória», disse Hulk, passado domingo, no relvado do Estádio do Dragão.
Por falar em jogos importantes, o próximo embate dos Dragões é com o Zenit de São Petersburgo, na sexta e última jornada da fase de grupos da Liga dos Campeões, onde só a vitória interessa ao FC Porto.
«Vai ser um jogo de vida ou morte. Vamos preparar-nos bem para que, diante do nosso público, no Estádio do Dragão, onde gostamos de jogar, possamos ganhar e seguir em frente na Liga dos Campeões.
O encontro entre FC Porto e Zenit está agendado para as 19h45 de 06 de dezembro.

 
 

 


Luís Miguel demitido do Paços de Ferreira (Resumo)

 

 

 O presidente do Paços de Ferreira, Carlos Barbosa, considerou hoje “inevitável” que a saída do treinador Luís Miguel, após o empate caseiro frente ao Olhanense, em jogo da 11.ª jornada da Liga portuguesa de futebol.

«Não vale a pena estar com rodeios, a saída é inevitável», referiu Carlos Barbosa, em declarações aos jornalistas, após o encontro disputado no Estádio da Mata Real, que deixou o Paços de Ferreira na 16.ª e última posição, com os mesmos oito pontos que o Rio Ave e menos um que a União de Leiria.

Após o empate com o Olhanense, Luís Miguel remeteu a decisão sobre a sua saída para «as pessoas que estão à frente do clube».

«Tenho dado tudo o que posso para conseguir as vitórias e tenho de estar focado nisso. Estou tranquilo e vou dormir de consciência tranquila. O presidente sabe o que é melhor para o clube», frisou o técnico, em conferência de imprensa.

Luís Miguel substituiu Rui Vitória, que rumou ao Vitória de Guimarães, no comando técnico do Paços de Ferreira a 30 de agosto, quando estavam disputadas apenas três jornadas da Liga, tendo apenas ganho à Académica (2-0), na oitava ronda, somando ainda seis derrotas e o empate de hoje em oito jogos da competição. Ler mais... (Sapo Desporto)

 


FC Porto venceu, o Sporting de Braga por 3-2 (Resumo)

Em equipa que ganha não se mexe. Foi essa a máxima que Vítor Pereira utilizou contra o SC Braga, depois do regresso aos bons resultados na Ucrânia, diante do Shakhtar Donetsk.

O FC Porto venceu, este domingo, o Sporting de Braga por 3-2, com golos de Hulk (37' e 77') e outro de Kléber (82'), no Estádio do Dragão, em jogo da 11.ª jornada. Lima assinou os golos bracarenses aos 89 e 91'.

Depois da vitória moralizadora na Ucrânia contra o Shakhtar para a Liga dos Campeões, Vítor Pereira voltou a apostar no angolano Djalma para o ataque azul e branco, com Hulk a ponta-de-lança, deixando Kléber de fora do "onze". Quem também continua a merecer a confiança do treinador é Maicon, que manteve o seu lugar no lado direito da defesa, ele que é um central, relegando Fucile, este sim um lateral de raíz, para o banco. 

O primeiro golo portista nasceu ao minuto 37, num cabeceamento certeiro de Hulk depois de um excelente cruzamento de James Rodríguez, a isolar o avançado brasileiro, deixando o guardião Quim muito mal na fotografia. 

Já no segundo tempo foi a vez de Alan testar a agilidade de Helton num bom remate à entrada da grande área mas seria preciso esperar pelos últimos minutos para se ver um Braga eficaz. 

O segundo golo do encontro foi novamente da autoria do Incrível, que num grande pontapé bateu Quim. Mas ainda houve tempo para Kléber, que entrou na segunda parte, fazer o terceiro portista nos últimos dez minutos.

O FC Porto descansou então com a vitória assegurada e abriu espaços que o Braga não desaproveitou. Lima foi derrubado por Hulk, aos 89, e converteu o penálti com sucesso, voltando a faturar dois minutos depois, deixando as bancadas do Dragão em sobressalto com o 3-2 no marcador. No entanto, a vitória não fugiu e o FC Porto regressa assim à liderança do campeonato português, com os mesmos 27 pontos que o Benfica, enquanto o Braga fica na quinta posição com 19.

 

POSITIVO

Hulk
A grande figura da noite foi Hulk. Marcou dois golos (e teve outro mal anulado) e inventou a jogada do terceiro, tendo ainda feito um penálti. Um jogo em cheio e quase sempre em crescendo do brasileiro, que até começou por perder a bola na maioria das acções em que tentou desequilibrar o adversário.

Quim
Sofreu três golos, mas evitou vários outros. Fez, pelo menos, duas defesas monumentais.

NEGATIVO

Defesas
Frente a frente estavam (agora é o Beira-Mar) as duas melhores defesas da Liga, mas nenhuma delas fez jus ao estatuto. No FC Porto mantêm-se algumas opções discutíveis (Maicon a lateral) e falta Mangala. No Sp. Braga, houve principalmente mérito de Hulk.


Ficha de jogo

FC Porto 3
Sporting de Braga 2

Jogo no Estádio do Dragão, no Porto.
Assistência 38.512 espectadores.

FC Porto Helton, Maicon, Rolando, Otamendi, Alvaro Pereira, Fernando, João Moutinho, Defour (Souza, 64’), Hulk, James (Kléber, 80’) e Djalma (Cristian Rodriguez, 64’). Treinador Vítor Pereira
Sp. Braga Quim, Salino, Douglão, Ewerton, Paulo Vinícius, Djamal (Nuno Gomes, 76’), Hugo Viana, Paulo César (Hélder Barbosa, 70’), Alan, Lima e Mérida (Mossoró, 60’). Treinador Leonardo Jardim
Árbitro Artur Soares Dias, do Porto. Amarelo Álvaro Pereira (11’), Maicon (55’), Salino (74’) e Hulk (88’).
Golos
1-0, por Hulk, aos 37’;
2-0, por Hulk, aos 78’; 

3-0, por Kléber, aos 82’;
3-1, por Lima, aos 89 (g.p.); 

3-2, por Lima, aos 90+2.

 

  

 

Real Madrid 4-1 At. Madrid

O Real Madrid somou os três pontos no dérbi madrileno, ao receber e vencer o Atlético de Madrid por 4x1.
Com Pepe e Cristiano Ronaldo no 11 titular, a equipa de José Mourinho não entrou bem na partida e os colchoneros colocaram-se em vantagem aos 15 minutos, com Adrián a bater Casillas.
No entanto, nove minutos depois, Benzeman foi derrubado por Courtois na área, o guarda-redes belga foi expulso e Cristiano Ronaldo, na conversão da respectiva grande penalidade, restabeleceu o empate.
Ao intervalo, Real e Atlético de Madrid estavam empatados a uma bola, mas no segundo tempo a equipa da casa demorou pouco tempo para se colocar pela primeira vez em vantagem.
Di Maria, aos 49 minutos, fez o 2x1 e o Real Madrid jamais abandonou a posição de vantagem, tendo-a até reforçado com um golo de Higuaín, que fez o 3x1, aos 65 minutos, e outro de Cristiano Ronaldo, novamente de penálti, a oito minutos dos 90.
Com a vitória no dérbi da capital espanhola, o Real Madrid continua no primeiro lugar, agora com 34 pontos, e espera pelo resultado do Barcelona frente ao Getafe para saber se mantém os três pontos de vantagem ou se a diferença é ampliada.


FC Porto vs SC Braga - Lista de convocados

 

Vítor Pereira levou à letra o lema «em equipa que ganha não se mexe». O técnico do FC Porto vai a jogo com o SC Braga amanhã, no Estádio do Dragão, com os mesmos que venceram o Shakhtar Donetsk a meio da semana para a Liga dos Campeões. 

O ponta-de-lança Walter, que tem alternado a titularidade com Kléber nas provas internas, fica, desta feita, de fora, o mesmo acontecendo com Sapunaru, que já está recuperado.

 

Lista de convocados 

1Helton Guarda Redes Brasil Brasil
31Rafael Bracalli Guarda Redes Brasil Brasil
4Maicon Defesa Brasil Brasil
5Álvaro Pereira Defesa Uruguai Uruguai
13Fucile Defesa Uruguai Uruguai
14Rolando Defesa Portugal Portugal
30Otamendi Defesa Argentina Argentina
7Belluschi Médio Argentina Argentina
8João Moutinho Médio Portugal Portugal
10Cristián Rodríguez Médio Uruguai Uruguai
23Souza Médio Brasil Brasil
25Fernando Médio Brasil Brasil
35Steven Defour Médio Bélgica Bélgica
11Kléber Avançado Brasil Brasil
12Hulk Avançado Brasil Brasil
17Varela Avançado Portugal Portugal
19James Rodríguez Avançado Colômbia Colômbia
20Djalma Avançado Angola Angola

Assim foram feitas as novas chuteiras de Hulk

A Mizuno, marca japonesa de equipamento desportivo, desenhou um calçado exclusivo para o futebolista do FC Porto. Até os pés de Hulk foram digitalizados para servir de molde à chuteira.

Hulk estreou as novas chuteiras na partida da Liga dos Campeões frente ao Shakhtar Donetsk, e parece ter-se dado bem com elas: marcou o primeiro golo da vitória (2-0) dos “dragões”.

 


Hulk - "Fomos guerreiros"

O FC Porto venceu, esta quarta-feira, o Shakhtar Donetsk por 2-0, mantendo-se assim na corrida para os oitavos de final da Liga dos Campeões, para isso terá vencer obrigatoriamente o Zenit na derradeira jornada da fase de grupos.

«A única certeza que tinha para hoje era que se mostrássemos vontade podíamos ganhar. Estivemos muito concentrados e estamos todos de parabéns. Fico feliz pelo resultado porque é muito importante para nós», começou por dizer o avançado brasileiro, autor do primeiro golo portista, aos microfones da Sport Tv.
«A diferença esteve na concentração dos jogadores. Contra a Académica foi uma vergonha. Não estivemos concentrados. Mas hoje sim, mostrámos o que é o FC Porto», acrescentou.

Pinto da Costa - "FC Porto que esteve em Coimbra morreu"

Pinto da Costa enalteceu a vitória da equipa, mas sobretudo o carácter com que jogadores e equipa técnica partiram para o jogo. "Estive no balneário antes do jogo e já depois de me ter despedido fui de novo chamado pelo treinador e pelos jogadores, que me quiseram garantir que o FC Porto de Coimbra tinha morrido e que hoje [ontem] ia ver o meu FC Porto fazer uma exibição à Porto, para vencer", revelou. Aliás, confiança é algo que o presidente acredita ver recuperada: "É isto que eu espero dos meus jogadores e não tenho a mínima dúvida que é o que vai acontecer no futuro. Ninguém desaprendeu de jogar, ninguém deixou de querer e no momento de cerrar os dentes e unir fileiras, todos disseram presente". Ao contrário das notícias postas a circular, o lugar de Vítor Pereira nunca esteve em causa, assegurou. "Há gente que vem inventando notícias do Paulo Bento e daquele rapaz do Marítimo. Sabemos que são coisas orquestradas pelo Correio da Manhã. Mas não lhes damos o mínimo de credibilidade. O senhor Rui Santos teve o descaramento de dizer que tinha ido à Dinamarca para contactar o Paulo Bento. É ridículo e estúpido. No dia em que quiser falar com ele não tenho de ir à Dinamarca, basta pegar no telefone. Como próprio Paulo disse - e bem -, isso é de um indivíduo que não tem credibilidade, nem é sério. O treinador nunca se sentiu afectado, nunca se sentiu perturbado, nem nunca sentiu o lugar em risco. Se não confiasse nele não estaria aqui", frisou.
Antes de pensar no Zenit, Pinto da Costa sublinhou a importância do próximo jogo do campeonato: "Há que ganhar ao Braga. Não estamos só nesta prova. Domingo vamos dar continuidade a esta exibição".
Por fim, o presidente aproveitou para fazer um esclarecimento: "Quando jogámos em São Petersburgo houve um energúmeno que escreveu que eu não tinha ido, porque sabia que o FC Porto ia perder e não me queria envolver na derrota. Faltei ao jogo, como era sabido, porque o meu filho estava a ser submetido a uma operação delicada nesse mesmo dia. Esse palavreado não tem qualificação".
 
Fonte:Ojogo

Nem tudo é o que parece - Não julgue tão rápido

Não julgue tão rápido, procure ver o contexto. Um homem comendo cocô de cachorro, uma prostituta recebendo dinheiro, um enfermeiro matando um paciente, uma mulher fazendo sexo no avião e o namorado matando seu gato podem ser na realidade, um brownie que caiu no chão, um pai dando dinheiro para a filha, um enfemeiro matando uma mosca com um desfribilador, uma mulher apertada para ir no banheiro enrolada com a turbulência e um gato atrapalhado sujo de molho de tomate.

 


Shakhtar Donetsk 0-2 FC Porto 
(Resumo)

O FC Porto renovou em Donetsk a botija de oxigénio que o mantinha a respirar com dificuldade na Liga dos Campeões. Uma vitória por 0x2 sobre o Shakhtar Donetsk que assegurou a Liga Europa e a esperança bem real de seguir em frente na Liga dos Campeões.

As contas são fáceis de fazer. Os “dragões”, que asseguraram no mínimo a continuidade europeia através da Liga Europa, seguirão para os oitavos-de-final, fase em que já está o surpreendente APOEL, se vencerem em casa o Zenit São Petersburgo na última jornada.
O jogo mudou após o intervalo. O Shakhtar não conseguiu chegar tão facilmente à área do FC Porto, que, apesar de ter precisado de uma grande defesa de Helton (desviou o remate de Fernandinho para o poste), confirmou a sua invencibilidade na Ucrânia. A 11 minutos do fim, João Moutinho fez uma grande assistência a isolar Hulk e o brasileiro fez o quarto golo na competição.
O golo mudou o jogo para os últimos minutos. O Shakhtar foi-se abaixo, enquanto o FC Porto ganhou novo ânimo. O empate também não era um resultado proibitivo para os “dragões”, mas o triunfo, especialmente no contexto de crise que o próprio Pinto da Costa reconheceu, é que vinha mesmo a calhar.
O 0-2 surgiu já em cima do minuto 90, quando o lateral-esquerdo romeno Razvan Rat fez um autogolo que acabou com todas as dúvidas e confirmou uma vitória muito necessária para os portistas.

POSITIVO
Helton e Álvaro Pereira
O desfecho do jogo poderia ter sido diferente sem a grande defesa do guarda-redes, aos 72’. O lateral foi o mais omnipresente da equipa.
Luiz Adriano
Não marcou, mas foi o jogador mais difícil de conter do jogo. Criou muitos problemas ao FC Porto.

NEGATIVO
Shakhtar
Teve mais qualidade do que o FC Porto durante várias fases do jogo, mas soma dois pontos em cinco jogos e está já condenado ao último lugar.

Ficha de jogo
Shakhtar Donetsk 0

FC Porto 2
Jogo na Donbass Arena, em Donetsk.
Shakhtar Donetsk Rybka, Rat, Rakitsky, Kucher, Kobin (Douglas Costa, 87’), Hubschman, Fernandinho, William (Alex Teixeira, 69’), Eduardo(Jadson, 59’), Mknitaryan e Luiz Adriano. Treinador Mircea Lucescu
FC Porto Helton, Maicon, Rolando, Otamendi, Álvaro Pereira, Fernando, Defour (Souza, 88’), João Moutinho, Djalma (Cristian Rodriguez, 73’), James Rodriguez (Varela, 81’) e Hulk. Treinador Victor Pereira
Árbitro Craig Thomson, da Escócia. Amarelos James Rodriguez (35’), Eduardo (50’), Jadson (65’) e Kobin (75’).
Golos
0-1, por Hulk, aos 79’
0-2, por Rat, aos 90 ‘(p. b.).

Grupo G
1.º APOEL 9 pontos/5 jogos
2.º Zenit 8/5
3.º FC Porto 7/5
4.º Shakthar 2/5


Carro com vidro mágico

As tecnologias de informação e entretenimento para veículos, como as mais diversas interfaces gráficas, superam-se dia a dia. Um conceito pensado pelos japoneses da Toyota, entretanto, revolucionará a experiência da criançada – e, por que não, dos adultos – no carro, especialmente em viagens longas. Trata-se da “Janela para o Mundo”.

Melhor um toque do que mil palavras. Veja você mesmo:

 

Fonte:http://www.webmotors.com.br/

Um grego, um irlandês e um português

 

“Um grego, um irlandês e um português vão beber um copo a um bar. Quem paga a conta? A Alemanha."

"Porque é que a Grécia não consegue obter o novo plano de ajuda da troika? Porque na Grécia ninguém trabalha o suficiente para acabar de preencher o formulário de candidatura”.

“Qual é a diferença entre a Islândia e a Irlanda? Uma letra e seis meses”. 

“A Alemanha não descarta sair da Zona Euro, mas só se levar todas as notas e moedas”.


Pág. 1/5