Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



 

 

Afinal de contas...

Os carros não tinham cintos de segurança, apoios de cabeça, nem airbag!!

Íamos soltos no banco de trás aos saltos e na galhofa e isso não era perigoso,

 

 

As camas tinham grades e os brinquedos eram multicores com pecinhas que se soltavam ou no mínimo pintados com umas tintas  “duvidosas” contendo chumbo ou outro veneno qualquer.

Não havia trancas de segurança nas portas dos carros, chaves nos armários de  medicamentos,

   detergentes ou químicos domésticos.

Andávamos de bicicleta para lá e pra cá, sem capacete, joelheiras, caneleiras e cotoveleiras...

Bebíamos água em potes de barro, da torneira, duma mangueira, ou duma fonte e não águas minerais em garrafas ditas “esterilizadas”.

  

 

Construíamos aqueles famosos carrinhos de rolamentos e aqueles que tinham a sorte de morar perto duma ladeira asfaltada, podiam tentar bater records de velocidade e até verificar no meio do caminho que tinham economizado a sola dos sapatos, que eram usados como travões...

Depois de acabarmos num silvado aprendíamos.

Íamos brincar na rua com uma única condição:  voltar para casa ao anoitecer.
Não havia telemóveis...
Os nossos pais não sabiam onde estávamos!
Era incrível!

Braço engessados, dentes partidos, joelhos esfolados, cabeça rachada

Alguém se queixava disso?

Todos tinham razão, menos nós ...

 

 

Comíamos doces à vontade, pão com Tulicreme, bebidas com o (perigoso) açúcar. 

Não se falava de obesidade, brincávamos sempre na rua e éramos super activos ...

Quando comprávamos aqueles  tubinhos de Fá naquela mercearia da esquina, vinha logo o pessoal todo a pedir um “coche” e dividíamos com os nossos amigos. Bebiam todos pelo mesmo tubinho e nunca ninguém morreu por isso ....

Nada de Playstations, Nintendo, X boxes, jogos de Vídeo , Televisão por satélite, Televisão a Cabo nem DVD’s, Dolby surround, Telemóvel era ficção científica, Computador, Internet

Só amigos

 

 

Quem não teve um cão?

Nada de ração. Comiam a mesma comida que nós (muitas vezes os restos), e sem problema nenhum!

Banho quente? Champô?

Qual quê! No quintal, um segurava o cão e o outro com a mangueira (fria) ia jogando água e esfregava-o com (acreditem se quiserem) sabão (em barra) de lavar roupa!

Algum cão morreu ou adoeceu por causa disso?

A pé ou de bicicleta, íamos à casa dos nossos amigos, mesmo que morassem a kms da nossa casa, entrávamos sem bater e íamos brincar.

É verdade! Lá fora, nesse mundo cinzento e sem segurança! Como era possível? Jogávamos futebol na rua, muitas vezes com a baliza sinalizada por duas pedras... Ás vezes quando éramos muitos tínhamos que ficar de fora sem jogar nem ser substituído... mas nem era o         “FIM DO MUNDO”!

Na escola tinha bons e maus alunos. Uns passavam e outros eram reprovados. Ninguém ia por isso a um psicólogo ou psicoterapeuta. Não havia a moda dos superdotados, nem se falava em dislexia, problemas de concentração, hiperactividade. Quem não passava, simplesmente repetia de ano e tentava de novo no ano seguinte!

As nossas festas eram animadas por gira-discos , a fazerem aqueles cliques da agulha a deslizar nos discos de vinil. As bebidas, eram claro, a deliciosa groselha com cubinhos de gelo.

Tínhamos:

 

Liberdade,

Fracassos,

Sucessos e

Deveres.

 

...e aprendíamos a lidar com cada um deles!

 

A única verdadeira questão é:

como conseguimos sobreviver? 


E acima de tudo, como conseguimos desenvolver a nossa personalidade?

 

Tudo isto era uma chatice, mas ...

  
Como éramos felizes!!! 

 

 

Via: Email       



Autoria e outros dados (tags, etc)

A população mundial continua em crescimento pelo que haverá problemas sérios de abastecimento de água num futuro não muito distante. A nossa sobrevivência depende de um fornecimento regular e seguro de água potável.

 

As Nações Unidas referem que cerca de 4 mil crianças morrem todos os dias devido à ingestão de água contaminada ou falta de higiene. Em 2050, segundo o Relatório Mundial do Desenvolvimento da Água, pelo menos um quarto da população mundial poderá viver num país afectado pela escassez crónica ou recorrente de água doce.

Fonte: Naturlink



Autoria e outros dados (tags, etc)

Passamos a vida a pedir justiça e a dizer que a ela não funciona em Portugal, mas quando alguém tenta impor regras perante infractores aparecem logo pessoas a defende-los.

 

Nesta última semana não se fala noutra coisa a não ser do preso de Paços de Ferreira, e dos métodos utilizador para impor a ordem. Mas o mais importante está a ser esquecido, os agentes dos GISP não foram lá porque o preso era bem comportado, mas sim para o fazer cumprir as regras básicas da prisão. As pessoas esquecem-se que naquele compartimento tem mais presos e que já estavam a ameaçar com greve de fome, por já não suportarem a situação, que estava a pôr em causa a saúde deles e a dos funcionários.

 

Toda a gente preocupada com o infractor, e os presos que cumprem a regras já não interessam? Pois… não servem para serem utilizados com arma de arremesso contra o governo!

 

O preso não cumpre as regras mesmo dentro de uma prisão e a oposição em vez de pedir intervenção para estas serem respeitadas, não! Vem pedir a demissão do ministro!

 

Como é que podemos pedir justiça, quando o sistema é contra a justiça. Se um agente durante a sua intervenção para impor a ordem ferir o desordeiro vêm logo pedir a suspensão desse agente de autoridade.

 

Hoje em dia já ninguém acredita na justiça porque os agentes não têm capacidade para impor justiça, por muito grave que tenha sido o crime aparece logo alguém a defender o criminoso.

 

Concordo que há outros métodos para resolver situações como esta em Paços de Ferreira, mas se o preso em causa cumprisse com as suas obrigações como os colegas de compartimento cumprem nada disto tinha acontecido.

 

Adamir Torres



Autoria e outros dados (tags, etc)

O FC Porto bateu esta noite o SC Olhanense por 3-0.

 

O Olhanense apresentou-se em campo muito organizado e fechado na defesa,  com um único objectivo, não perder.

 

Apesar do domínio do FC Porto na primeira parte, o Porto teve bastantes dificuldades para chegar ao golo. Na segunda parte a partida ficou mais equilibrada, aos 67 minutos o Porto chegou ao golo através de Fernando Belluschi que dominou a bola de peito e rematou para o fundo da baliza, um excelente golo.

 

Dois minutos depois o Porto deu a machadada final ao fazer o 0-2 por Falcão, que acabou por bisar nos descontos.

 

Com a vitória de hoje o FC Porto completa um ano sem derrotas, ciclo que começou na época passada pelas mãos de Jesualdo Ferreira (28 de Fevereiro de 2010).

Mas como os recordes são para se bater, André Villas-Boas ultrapassou esta noite o registo do Benfica de Eriksson (1983-84) e do FC Porto de António Oliveira (1996-97).

 

Com o resultado de hoje FC Porto passa a ser o melhor líder desde 1972-73, contabilizado 19 vitórias e 2 empates em 21 jornadas para o campeonato.

 

Ao contrário do que diziam alguns comentadores ao intervalo, como se o Porto já tivesse perdido pontos na corrida para o titulo (um jogo de futebol tem 90 minutos), o FC Porto continua com 8 pontos de vantagem que podem passar para 11 se amanhã o Benfica perder, porque o Porto já ganhou.

 

Adamir Torres



 


Autoria e outros dados (tags, etc)

Esta semana foi notícia no DN uma polémica entre a TVI e a SIC devida a um concorrente que actuou no “Portugal Tem Talento” SIC e no programa “Uma Canção para Ti” na TVI separado por apenas 6 minutos.

 

Sempre me interroguei sobre estes tipos de programas que utilizam crianças para ganhar audiências e depois vêm dizer que procuram jovens talentos.

Eu pergunto agora se a RTP criasse um programa com crianças nas obras se também eram jovens talentos ou se seria já chamado de exploração infantil.

 

Ao longo dos anos têm se travado grandes batalhas contra o trabalho infantil e têm-se apostado mais nos estudos.

Eu ponho a questão: uma criança que trabalha numa telenovela, não está a ser explorada?

E o tempo para estudar?

A que horas é que estas crianças estudam já que durante o dia estão nas gravações das telenovelas?

 

Um jovem sai da escola com 14 anos e vai trabalhar, é exploração do trabalho infantil e a segurança social vai a tua casa, se uma criança com 7 anos participa numa série televisiva é uma criança que tem muito talento, sai ao pai ou à mãe!

 

Adamir Torres



Autoria e outros dados (tags, etc)

FC Porto desloca-se hoje ao terreno do SC Olhanense a contar para a 21º jornada da liga zon Sagres.

 

O partida de logo deve marcar o regresso de Falcão e Álvaro Pereira à titularidade depois de lesão. Na antevisão do jogo André Villas-Boas do Porto disse "próximas cinco jornadas serão decisivas e fundamentais na caminhada para o FC Porto chegar ao título” .

 

Ao contrário do que seria de esperar, esta deslocação está com algum grau de dificuldade uma vez que o Olhanense ainda não perdeu em casa.

 

O FC Porto no último jogo já apresentou um futebol muito melhor do que vinha a praticar, só precisa de melhorar a finalização, com Falcao e Álvaro Pereira a equipa fica mais segura, Hulk que vinha a baixar de produção regressa ao lugar dele onde tem obtido grandes exibições.

 

No lote de convocados entra Mariano e sai Cristian Rodríguez.

 

Convocados
Guarda-redes: Helton e Beto.
Defesas: Sapunaru, Fucile, Otamendi, Rolando, Maicon e Álvaro Pereira.
Médios: Fernando, Guarín, João Moutinho, Belluschi e Ruben Micael.
Avançados: James Rodríguez, Varela, Mariano, Hulk e Falcao

 

O jogo de hoje pode também ficar marcado por mais um feito histórico, um ano sem perder no campeonato, o que a acontecer seria a oitava ver na história do FC Porto.

Esta série sem derrotas começou precisamente com o Olhanense adversário de logo à noite, na altura o treinador era Jesualdo Ferreira (28 de Fevereiro de 2010). A primeira série aconteceu em 1939 pelas mãos de Miguel Siska e a última foi com Bobby Robson em 1995.

 

Espera-se um grande jogo para logo, a partida está marcada para as 20:15 e tem transmissão na TVI.  

 

Adamir Torres



Autoria e outros dados (tags, etc)

 

Os vários meios de expressão social, a imprensa, a televisão, o rádio e o cinema, são orientados para um público mais abrangente, transmitem uma infinidade de informação, mensagens políticas, ideológicas, comerciais, recreativas e culturais. Os média têm um grande impacto no que diz respeito à divulgação de informações para a sociedade. Todas as notícias que ouvimos são divulgadas na televisão, rádio, jornais, internet. Os média são muitas vezes utilizados para que a informação chegue perto dos cidadãos e os influencie na suas escolhas (publicidade e por exemplo no caso de eleições pois são uma grande aposta por parte dos partidos políticos).

  1. A Televisão - As televisão têm um grande impacto na sociedade, pois é através dela que as pessoas vêm o que se passa no mundo, os debates servem muitas vezes para esclarecer a sociedade sobre temas actuais e também serve para as pessoas se divertirem (assistir a jogos de futebol, ver filmes, etc.).
  2. A Rádio - É através de rádio que as pessoas têm os primeiro contacto com as notícias, do trânsito (no carro, no trabalho, etc.), é uma boa companhia quando vamos de carro, nas caminhadas, quando fazemos desporto pois através dela podemos ouvir todo tipo de músicas.
  3. A Internet - A internet hoje em dia oferece-nos uma vasta gama de funcionalidade, podemos estar actualizados com tudo o que passa no mundo pois as notícias estão constantemente a ser actualizas, podemos também estar em contacto permanente com os nossos amigos ou familiares estejam eles onde estiverem, existem várias formas de contacto à nossa disposição: vídeo-conferência, através do Messenger, por e-mail (Hotmail, Gmail, Sapo Mail), através dos nossos espaços pessoais (Hi5, Myspace, Windows live, Twitter, Facebook, Google Buzz, Friendfeed), podemos também participar em fóruns, blogues, partilhar com o mundo as nossas fotos, vídeos pessoais, ficheiros (youtube, Scribd, Slideshare, Sapo Blogs, Netvibes, Flichr, Delicious, etc.).

Autoria e outros dados (tags, etc)


RTP e a crise

25.02.11

 

 

 

Realmente é de ficar a pensar nestes ordenados ao ver que o abono das crianças foi reduzido por causa da crise.

 

A RTP é um canal público e é inadmissível que o estado continue a injectar dinheiro dos impostos dos Portugueses para pagar estes ordenados.

 

Judite de Sousa (14 923 euros), José Rodrigues dos Santos (14 768 euros), José Fragoso (12 778 euros) e Fátima Campos Ferreira (11 413 euros)

 

Sempre achei que o estado não devia financiar empresas públicas, elas têm que se auto-sustentar, se não tem dinheiro para pagar este tipo de ordenados que procurem outras alternativas. A RTP como canal público devia dar oportunidades a novos apresentadores e jornalistas.

 

Todos os dias vejo a Praça da Alegria, e já me interroguei por várias vezes, quanto devem ganhar os elementos do júri que vão lá à sexta-feira 10 a 20 minutos fazer alguns comentários sobre as actuações dos concorrentes.

 

Adamir Torres



Autoria e outros dados (tags, etc)

Vencer o Sevilha seria ouro sobre azul para o FC Porto. Nas horass e dias anteriores ao jogo, as notícias sobre as marcas que os dragões e Villas-Boas poderiam alcançar caso saíssem do Dragão com um triunfo. Apesar da eventual euforia, o técnico portista optou por manter os pés bem assentes na terra e lembrou que o que interessava mais era seguir em frente na prova. E mais, alertou para o perigo que o Sevilha representava. A época não estava a ser boa e o jogo do Dragão ia significar tudo para os espanhóis.


Villas-Boas tinha razão. Os adeptos deram-lhe razão durante o jogo. Apesar de o FC Porto ter tido sempre o jogo controlado, o Sevilha marcou aos 71 minutos e deixou os dragões à beira de um ataque de nervos. Não tanto porque o golo foi marcado por Luís Fabiano, o mesmo que durante uma época só marcou três golos pelos dragões, mas porque um golo mais bastaria para o FC Porto ficar de fora da Liga Europa. Por culpa própria, deve acrescentar-se.
É verdade que Kanouté deu o primeiro sinal de aviso logo aos três minutos, num remate com a parte de fora do pé a lembrar Quaresma, mas a partir daí tudo aconteceu do lado contrário. Belluschi e Moutinho eram mais fortes no meio-campo e Fernando Navarro tinha dificuldades para travar Hulk. Do outro lado, Varela fugiu uma vez e cruzou para um cabeceamento de Falcao à barra que deixou os adeptos com as mãos na cabeça.


Na segunda parte, mais do mesmo. O tempo estava a favor dos dragões, mas os jogadores estavam avisados que o mínimo deslize poderia ser fatal. E esse deslize aconteceu mesmo, numa atmosfera de pesadelo. Primeiro, Hulk falhou o golo isolado, depois Luís Fabiano marcou e, para cúmulo, Alvaro Pereira foi expulso por Howard Webb com o vermelho directo.

 


 

 


Autoria e outros dados (tags, etc)


Rapt Soda

23.02.11

Fonte:SapoShortMovies


Autoria e outros dados (tags, etc)

Gatinhos Persa & Companhia

Pág. 1/10






Facebook

Pinterest

Twitter


Nota

"As Informações contidas neste site tem exclusivamente fins informativos, humorísticos e de partilha com os visitantes. Se você se sentir ofendido com algum conteúdo, ou está presente em alguma imagem publicada sem autorização ou estiver a violar os direito de autor, favor entrar em contato com nossa equipe. A reprodução do conteúdo deste site é permitida e incentivada, desde que citada e linkada a fontes."


Mensagens

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Visitas

Browser Support

 Firefox Opera Google Chrome 





Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D


HTML